Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
HOMICÍDIO

Boliviano mata amigo a facadas após terem passado o dia bebendo juntos: 'Nunca havia matado ninguém'

04 julho 2020 - 15h00Por G1 MS

Um boliviano de 36 anos foi preso na madrugada deste sábado (04), em Campo Grande, após ter matado o amigo da mesma idade e nacionalidade com duas facadas. Ele confessou o crime, disse ainda à polícia que tentou limpar o local pois "nunca havia matado ninguém e não queria ficar olhando para o sangue".

Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima, o costureiro Domingo Abad Chalco Choque, morava havia um mês de favor na casa de uma amiga, no bairro Aero Rancho, onde aconteceu o crime. Há poucos dias, ele pediu à dona da residência que deixasse o amigo, Ruben Montano Montano, ficar lá também pois havia acabado de chegar de São Paulo.

A dona da casa permitiu e então Domingo e Ruben estavam morando lá junto com ela e os netos crianças. Na sexta-feira (03), os dois bolivianos saíram pela manhã para beber em um bar, voltaram para a residência à noite e continuaram a ingerir bebidas alcoólicas.

Segundo informações do boletim de ocorrência, Domingo e Ruben discutiram. Na versão do preso à polícia, a vítima havia ofendido familiares dele e isto o irritou. Ele então foi até a cozinha, pegou uma faca e voltou ao quarto onde o amigo estava e o matou.

Um dos golpes foi no tórax esquerdo, local em que, segundo Rubem disse à polícia, sabia que era fatal. O outro foi no ombro.

A dona da casa ouviu um grito de socorro e ao abrir a porta do quarto se deparou com Rubem sujo de sangue e fazendo gestos indicando que havia matado Domingo. Ela então disse que iria pedir ajuda e que ele aguardasse no local.

A mulher então trancou o imóvel e saiu. A polícia foi acionada e encontrou Rubem na casa, o qual confessou o crime e que havia tentado limpar o local. Uma faca de 14 centímetros de lâmina foi apreendida suja de sangue debaixo de uma cama de solteiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Polícia Militar Ambiental e IBAMA fecham local de rinha, autuam proprietário em R$ 7 mil por maus-tratos e apreendem 4 galos de briga e uma ave silvestre
HOMICÍDIO QUALIFICADO
Motoentregador é morto a tiros em Campo Grande e suspeito é um colega de trabalho
Crime aconteceu na noite de quinta-feira (13), no local de serviço dos envolvidos.
ECONOMIA
Caixa credita auxílio emergencial para 4,1 milhões nascidos em agosto
LOTERIA
Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 27 milhões