Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
LUZ DA INFÂNCIA

Bombeiro preso foi flagrado com 2,3 mil arquivos de pornografia infantil

Polícia apreendeu celular, tablet, HDs e notebook na casa do bombeiro; material será periciado

19 fevereiro 2020 - 13h30Por Campo Grande News

Bombeiro aposentado de 53 anos, preso na manhã de ontem (18) no Jardim Caiçara, em Campo Grande, foi flagrado com mais de 2,3 mil arquivos de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes. Além de armazenar, ele também compartilhava o conteúdo.

A Polícia Civil chegou até o suspeito durante investigações da 6ª fase da Operação Luz da Infância. Em um único programa instalado no computador do bombeiro, os policiais encontraram mais de 2,3 mil arquivos entre fotos e vídeos, envolvendo pornografia infantil. Alguns deles estavam sendo baixados no momento do flagrante. Além de armazenado, o material estava sendo compartilhado com outros usuários da rede.

Durante buscas na residência do suspeito, a polícia apreendeu um celular, um tablet, notebook e quatro HDs. O material apreendido foi encaminhado para perícia.

Na casa, além do suspeito, estavam os pais do homem, que são idosos, e uma sobrinha. À polícia, ela relatou que o tio passava mais de cinco horas por dia usando o notebook na mesa da cozinha, ouvindo músicas e jogando, porém nunca desconfiou que ele armazenava e compartilha o material pornográfico.

O bombeiro prestou depoimento na DEPCA (Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente) e foi encaminhado ao Presídio Militar.

Operação - A 6ª fase da Operação Luz na Infância terminou com a prisão de 38 pessoas e 94 mandados de busca cumpridos em 12 estados. Em Mato Grosso do Sul, quatro homens foram presos, dois em Campo Grande, 1 em Dourados e outro em Bonito. Outras 14 prisões em flagrante foram feitas em São Paulo, 9 em Santa Catarina, 6 no Paraná, 2 no Ceará, 1 em Mato Grosso, 1 em Goiás e 1 no Rio Grande do Sul.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Mulher que teve terreno retomado pelo Município será indenizada
CRIME AMBIENTAL
Empresa sucroenergética de Rio Brilhante é autuada em R$ 186 mil por incêndio em sua lavoura de cana no município de Sidrolândia
CAPITAL
Aluna aprovada no vestibular tem direito a certificado de ensino médio
ECONOMIA
STF aprova proposta orçamentária para 2021 de R$ 712 milhões