Menu
Busca segunda, 18 de novembro de 2019
POLICIAL

Briga em festa teria causado morte de homem que teve corpo jogado em córrego

09 novembro 2019 - 13h00Por Midiamax

Uma briga em uma festa, na região do Jóquei Club, próximo ao córrego da Avenida Ernesto Geisel, em Campo Grande, teria sido a causa para o assassinato de Ronei Cesário dos Santos, de 27 anos, que teve o corpo encontrado na manhã deste sábado (9).

Informações passadas pela polícia são de que em um beco, onde existe uma aglomeração de casas estava acontecendo uma festa e Ronei estava participando. Teria acontecido uma briga no local e a vítima morta tendo o corpo arrastado até a avenida sendo jogada dentro do córrego.

Ronei tinha perfurações no pescoço, tórax e abdômen, além de vários ferimentos pelo corpo. Informações são de que pelo menos duas pessoas teriam arrastado o corpo da vítima, e a polícia já teria suspeito para o assassinato, mas a motivação para o crime ainda é investigada.

Na casa onde estava acontecendo a festa, a polícia encontrou respingos de sangue e durante o trajeto até o córrego várias pegadas. Em um terreno nas proximidades foi encontrado um casaco com manchas de sangue. Uma moradora da região contou ao Jornal Midiamax, que Ronei era trabalhador e não tinha conhecimento de que tinha inimigos.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 7 horas da manhã deste sábado (9), constatando que a vítima estava sem vida. A perícia da Polícia Civil foi até o local para fazer levantamentos da dinâmica de como teria acontecido o crime.

Testemunhas teriam visto um grupo arrastando o corpo da vítima de dentro de um matagal e o jogando dentro do córrego. Uma das testemunhas ainda teria gritado para os autores, “Tem câmeras aí no shopping” fazendo menção de que o crime não ficaria impune.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Inclusão no mercado de trabalho é tema urgente para 46% dos negros
POLÍCIA
Homem que saiu de MS com cocaína e crack acaba preso no PR
JUSTIÇA
TJ decide que vínculo socioafetivo deve prevalecer em relação à verdade biológica
NOVA ANDRADINA
Mercadoria do Paraguai é apreendida no distrito de Nova Casa Verde