Menu
Busca quinta, 06 de agosto de 2020

Camburão da Força Nacional é pego em flagrante no trânsito de Ponta Porã

23 setembro 2011 - 17h05
Camburão da Força Nacional é pego em flagrante no trânsito de Ponta Porã

Redação (TP)

A Unidade da Força Nacional veio para cidade de Ponta Porã para trabalhar no apoio nas operações da Policia Federal durante um bom período, sendo que a sua presença para a cidade em si, não significava muito coisa, uma vez que não ajudava a combater o alto índice de criminalidade no perímetro urbano da cidade.

Somente depois de vários pedidos feito pelo prefeito Flávio Kayatt, que através da prefeitura local, banca o aluguel de uma ‘mega casa’ para a corporação; dos vereadores e dos comerciantes fazerem uma grande pressão junto ao governo do estado para que os soldados da Força Nacional viesse a apoiar as ações da Policia Militar, que é restrita ao perímetro urbano da cidade, é que a mesma passou a ter alguma importância, como força de segurança na cidade.

As reclamações contra a atuação dos soldados e até oficiais da Força Nacional são muitas, umas por excessos nas suas abordagens, outras porque quando abordam os cidadãos de bem da cidade, os qualificam como marginais, chegando ao ponto de afirmar que “aqui todos são bandidos até que provem ao contrario” e muito mais.

Hoje pela manhã a nossa reportagem flagrou um grupo da Força Nacional que chegava na prefeitura de Ponta Porã e como o estacionamento estava todo ocupado, os policiais que são pagos para cumprir a lei, acabaram estacionando na faixa amarela, local proibido para estacionamento de veículos, o que caracteriza infração leve e o condutor perde pontos na carteira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Agentes prisionais tiveram saúde mental abalada na pandemia
Pesquisa mostra que tensão entre os presos é um dos motivos
SAÚDE
MP destina R$ 1,99 bilhão para viabilizar vacina contra covid-19
TRÊS LAGOAS
Polícia Militar Ambiental captura jiboia em condomínio
NOTÍCIAS
Paraguai prevê reabertura de lojas da fronteira em setembro
Ministro de Relações Exteriores diz que conversa está avançada com governo brasileiro