Menu
Busca domingo, 17 de janeiro de 2021

Ciúme pode ter motivado morte de mulher que foi queimada

01 outubro 2012 - 00h00Por Fonte: CGNews
Brigas por causa de ciúme eram recorrentes na relação entre Reinaldo Ferreira do Santos, de 59 anos, e Jovane Martins Moraes, de 36 anos, morta queimada na noite de ontem (29), no Jardim das Macaúbas, em Campo Grande. Reinaldo é o principal suspeto do crime.

Vizinhos e parentes afirmaram a reportagem do Campo Grande News que os dois brigavam com muita frequencia. Everton Araújo Barbosa, 24 anos, que mora ao lado da casa do casal, na rua Olivério Rodrigues da Luz, conta que em uma ocasião Reinaldo chegou a guardar a moto dele na sua casa para que Jovane não a destruísse, após uma discussão. Ele disse que ouviu o casal brigar várias vezes.

Maria Luiza Martins Moraes, de 33 anos, irmã da vítima, disse que Reinaldo chegou a pedir para ela conversar com Jovane sobre os ataques de ciúme dela, já essa situação estava prejudicando o relação do casal. “ Eu disse para ela procurar a igreja”, conta a irmã. Segundo ela, apesar das constantes brigas, nunca ocorreu nada de grave entre os dois.

Porém, em abril deste ano Jovane registrou um boletim de ocorrência contra o marido por violência doméstica. Ele moravam juntos há 1 ano e três meses.

Ainda chocado, o filho de Reinaldo disse que o pai sempre foi um homem muito calmo e tranquilo e não entende como isso foi acontecer. Ele afirma que a vítima tinha muito ciúme do pai dele. O rapaz de 24 anos não quis se identificar.

Incêndio – Everton conta que estava passando em frente a casa do casal quando viu o fogo. Ele e outros vizinhos conseguiram apanhar as chamas, mas não viram que Jovane estava morta no quarto. Só foram informados do fato quando os bombeiros chegaram no local e fizeram a vistoria.

O corpo da vítima ficou carbonizado. Ele estava em um dos quartos da residência. Jovane apresentava um corte profundo na cabeça. A Polícia suspeita que o ferimento tenha sido provocado por um golpe de enxada. A ferramenta foi encontrada na casa com marcas de sangue.

Reinaldo é o principal suspeito de ter cometido o crime. Segundo apurado pela Polícia, jovane foi morta aconteceu durante uma briga com o marido. Ele após golpeá-la com a enxada, jogou gasolina no corpo e ateou fogo.

Reinaldo foi detido no local e encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga. Durante depoimento, ele entrou em contradição ao narrar os fatos. Em uma primeira versão disse que tentou pedir socorro para os vizinhos. Em outra, afirmou que tentou arrombar a porta para salvar Jovane.

Ele foi preso em flagrante pelo crime de homicídio qualificado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford
EDUCAÇÃO
Enem 2020: confira hoje a correção das provas ao vivo
BRASIL
Mesmo com vacina, vitória sobre coronavírus passa por 'mudança de comportamento social'
Antônio Barra Torres deu declaração ao abrir reunião da Anvisa que analisa pedidos de uso emergencial de duas vacinas contra Covid-19
SAÚDE
Ocupação de leitos em UTI Covid continua alta nas cinco macrorregiões do Estado