Menu
Busca quinta, 21 de março de 2019
(67) 9.9973-5413
BANNER ÁGUA
CRIME AMBIENTAL

Comerciante mata sucuri, posta vídeo em redes sociais e é multado em R$ 5 mil

13 março 2019 - 10h15Por Luiz Guilherme

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou e multou um comerciante em R$ 5 mil por abater uma sucuri de três metros. O homem teria filmado a ação e divulgado o vídeo em suas redes sociais.

De acordo com a PMA, por volta das 14h de ontem (12/3), o Grupamento de Amambaí recebeu o vídeo que mostrava algumas pessoas manipulando e um homem matando o animal. A equipe fez diligências e localizou o proprietário da chácara, localizada a 6 km da cidade.

O infrator, de 39 anos, um comerciante residente em Amambai, afirmou que abateu a serpente na sexta-feira (8/3), em virtude de que ela estaria comendo suas criações na propriedade. Ele não mostrou o local onde deixou a sucuri abatida e nem identificou as demais pessoas que aparecem no vídeo. 

A PMA realizou um auto de infração administrativo e efetuou a multa. Ele também responderá por crimes ambientais de caça e maus-tratos.

Se identificadas, outras pessoas que participaram do ato criminoso no vídeo também serão multadas e responderão pelos crimes. 

Segundo a Lei 9.605/1998 em seu artigo 29 é crime: Matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente ou em desacordo com a obtida. 

A pena é de seis meses a um ano de prisão, porém como a sucuri consta da lista de espécie brasileira em ameaçada de extinção, a pena é aumentada de meio ano. A pena para o crime de maus-tratos prevista no artigo 32 da mesma Lei é de três meses a um ano de detenção.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUNDO DOS FAMOSOS
Luana Piovani esclarece separação com Scooby: "Nossas vontades estão distintas"
GERAL
Programa busca integrar usuários da assistência social ao mundo trabalho
POR CAUSA DA CHUVA
Imasul emite alerta de possibilidade de inundação no rio Miranda
21 DE MARÇO
Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial