Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020

Dupla de MS plota carro roubado com logo de multinacional para levar droga

02 junho 2016 - 10h15Por G1
Dois jovens foram presos em Mato Grosso do Sul na terça-feira (31) transportando 230 kg de maconha em uma picape adesivada com a logomarca de uma multinacional do ramo de maquinário agrícola. O delegado João Paulo Sartori informou que a intenção dos suspeitos era despistar a polícia e evitar a fiscalização da picape.

O veículo roubado em Goiás teve as placas trocadas e foi plotado com a logo da Massey Ferguson para simular que era carro da manutenção da empresa. A investigação da Polícia Civil apurou que o carro não pertence à empresa e que não existe relação entre os presos e a multinacional.

O G1 entrou em contato com a Massey Ferguson. A assessoria de imprensa informou que "a identidade visual do veículo [apreendido pela polícia] não corresponde à utilizada pela empresa" e que "não há registros, feitos por sua concessionária local, de carros furtados".

Questionada pela reportagem se tomará medidas contra a utilização da logomarca sem autorização, a companhia afirmou que "após apuração dos fatos, irá avaliar as medidas cabíveis".

Fronteira

Segundo o delegado Sartori, da Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar) os jovens buscaram a droga em Ponta Porã, na fronteira do Brasil com o Paraguai, e foram abordados na BR-163, próximo à capital, depois de uma denúncia anônima. O jovem de 23 anos foi atingido por um tiro nas nádegas e o outro de 29 anos foi preso.

"Nossa equipe esperava por eles em uma viatura descaracterizada perto do posto 21 da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e começou o acompanhamento discreto. Quando foram abordados, os suspeitos jogaram o carro para o acostamento e fugiram a pé se escondendo no mato. Um deles foi preso logo em seguida e o outro
acabou atingido por um tiro nas nádegas porque tentou agredir e pegar a arma do policial", informou Sartori.

A capota marítima da picape estava enrolada e os tabletes de maconha foram escondidos pelos suspeitos atrás dos bancos.

A polícia apurou que droga seria levada para a região do bairro Nova Lima, no norte da capital, onde o destino era a distribuição nos pontos de venda.

"Apuramos que um dos presos é quem comanda o tráfico na região, por isso, a droga seria distribuída no local, mas foi tirada de circulação antes", ressaltou o delegado.

O suspeito atingido pelo tiro foi levado para atendimento médico e o outro será encaminhado ao sistema prisional. Ele disse que foi contratado para levar a droga e que pegou o carro já plotado e carregado com a maconha.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Dono de veículo com irregularidade no gravame será indenizado por danos morais
ECONOMIA
BC aprova 762 instituições para ofertar o Pix a partir de novembro
SAÚDE
Taxa de contágio se mantém estável, mas sobe número de internações por coronavírus
ORDEM DO DIA
Deputados aprovam projeto sobre contrato de transporte escolar