Menu
Busca segunda, 20 de maio de 2019
CONTRABANDO

Dupla é presa com agrotóxicos e 2 mil pacotes de cigarros

13 março 2019 - 09h00Por Luiz Guilherme

Foram presos ontem (12/3), em ação da PMR (Polícia Militar Rodoviária) dois homens, um de 22 e outro de 36 anos, que estavam com agrotóxicos e 2 mil pacotes de cigarros na MS-164, em Ponta Porã. 

Segundo o boletim de ocorrência, eles foram avistados no momento em que saia de uma estrada vicinal, em uma pick-up GM/Montana, o que levantou a suspeita dos policiais que realizou a abordagem, mas a dupla acabou fugindo a pé, tentando se esconder no meio da vegetação. 

Em vistoria nos veículos, foi localizado na carroceria e na cabine da Montana conduzida pela jovem, de 22 anos, e que tinha placas de Mato Grosso do Sul, fardos do inseticida, que pesaram 400kg.

Já na pick-up do outro contrabandista e que tinha placas de Minas Gerais, foram encontrados na carroceria e na cabine os pacotes de cigarro de origem estrangeira. Nos veículos também estavam dois rádios comunicadores.

Aos policiais, os dois admitiram que foram contratados em Campo Grande por um homem chamado José, para fazerem o transporte dos produtos de Ponta Porã até a Capital. 

Os dois viajaram na segunda-feira, (11/3), com José e se hospedaram em um hotel na princesinha dos ervais, próximo à linha internacional e ontem  (12), por volta das 8h, foram levados a um posto de combustíveis, na saída para Dourados, onde pegaram os veículos carregados para iniciarem o transporte.

Um deles receberia pelo R$ 750, pelo transporte do cigarro e o outro R$ 400, pelo inseticida. Eles ainda disseram que o contratante estava em um veículo Fiat/Uno, de cor vermelha, que se deslocava a frente deles, fazendo serviço de batedor, mas que não foi localizado.

Os veículos, os produtos apreendidos e os contrabandistas foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal de Dourados, para as providências cabíveis.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
Morador em Rondônia é preso na BR-463 com mais de 600kg de maconha
EDUCAÇÃO
Em MS 95 mil estudantes se inscreveram para o Enem
PRESSÃO
Bolsonaro diz que sem reforma, faltará dinheiro para salários em 2024
RESSOCIALIZAÇÃO
Blocos de cimento fabricados em presídio vão garantir calçamento a bairros de Aquidauana