Menu
Busca sexta, 07 de agosto de 2020

Em Ponta Ponta Porã Policia Civil prende pistoleiro e apreende drogas

14 setembro 2011 - 12h30
Polícia Civil desbarata quadrilha, prende pistoleiro e apreende drogas

Mercosulnews

Cinco traficantes, um deles menor de idade, foram presos no final na tarde desta terça-feira (13), por volta das 17h, por investigadores da Polícia Civil e do SIG (Serviço de Investigações Gerais) de Ponta Porã, quando carregavam um automóvel com 120 quilos de maconha. A prisão dos acusados ocorreu em uma residência do Jardim Independência, após serviço de inteligência.

No local foram presos o pistoleiro Claudenilson Gonçalves Martines, 32 anos, vulgo ‘Nilson’, oriundo de Sanga Puitã e que é suspeito de ser autor de vários homicídios em Ponta Porã; o ex-presidiário Edemilso Moreira, 37 anos, com passagem por tráfico e estava em liberdade há apenas dez dias; Ademir José de Matos, 36 anos; Sulma Elizabeth Sanguina, 30 anos e o adolescente A.G.M., de 15 anos.

Quando a polícia chegou, o grupo estava ocultando 120 quilos de maconha nas laterais da carroceria de uma picape Fiat/Strada, cor azul metálica, placas ENR-1442, de Valinhos (SP). No local também foram apreendidos um automóvel Fiat/Uno, cor cinza, placas GLK-9782, de Ilha Solteira (SP) e duas motocicletas de procedência estrangeira.

O menor foi apreendido e deverá ser encaminhado à Unei (Unidade Educacional de Internação) de Ponta Porã. A droga foi encaminhada para o 1º Distrito Policial juntamente com os presos, que foram autuados em flagrante pelo delegado Odorico Mesquita, do 1º Distrito Policial.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Indevidos danos morais em acidente de trânsito sem prova da culpa
BONITO
Polícia Militar Ambiental de Bonito autua jovem de 23 anos por incêndio em madeira, raízes e galhadas de árvores derrubadas em sua propriedade
PEDRO GOMES
Polícia Militar Ambiental de Coxim autua empresa paulista em R$ 320 mil por desmatamento ilegal de vegetação em área protegida em sua fazenda
NOTÍCIAS
Julgamentos do 2º grau do Judiciário de MS crescem 7% em julho