Menu
Busca domingo, 26 de janeiro de 2020
POLÍCIA

Estelionatária é presa no momento em que tentava aplicar golpe

09 dezembro 2019 - 15h00Por Da Redação

Policiais civis da 1ª Delegacia de Campo Grande, responsável pelas investigações de golpes cometidos na área central da cidade, recebeu informação de que novamente havia indivíduos aplicando o "golpe da troca" do cartão em uma agência bancária localizada na Rua Maracaju, no centro da cidade, no último sábado (7/12).

De imediato foi realizado contato com a primeira vítima do grupo, um idoso de 76 anos de idade, que se encontrava na agência para realizar pagamentos.

Ele contou que os golpistas lhe ofereceram auxílio para realizar uma “atualização de dados” contida em um papel que narraram ter saído do terminal utilizado pela vítima. A vítima aceitou e os golpistas se aproveitaram de sua distração e inocência para observar e capturar sua senha e efetuar a troca de seu cartão por outro semelhante.

O idoso teve um prejuízo de, aproximadamente, R$ 8 mil.

A equipe conseguiu prender em flagrante uma das integrantes da organização criminosa que atua cometendo tais golpes em todo o Brasil. A mulher, de 38 anos, foi capturada no momento em que executava o golpe em outra vítima, uma idosa de 69 anos de idade. Na ocasião, os comparsas da criminosa que a aguardavam no interior de um veículo nos arredores da agência bancária conseguiram fugir.

Junto com a autora foram apreendidos cartões bancários de outras vítimas, quantia em dinheiro, uma maquineta de cartão, bem como diversos papéis com “tarjeta bancária” com orientação para atualização de dados bancários.

A mulher presa, oriunda de Brasília (DF), contou que estava em Campo Grande há alguns dias em companhia do indivíduo foragido, oriundo do estado do Pará, hospedada em um hotel da área central com o objetivo de praticar golpes em vítimas idosas nos interiores de agências bancárias e também em caixas eletrônicos localizados em supermercados desta capital.

A partir dos cartões localizados em sua posse outras vítimas foram identificadas, inclusive, uma que foi abordada no caixa 24 horas localizado em um hipermercado também situado na Rua Maracaju. Esta vítima narra ter sido abordada pela mulher dizendo: "olha saiu mais esse papel. Se a senhora não atualizar, vai bloquear seu cartão, além de pagar uma taxa de 49,90".

Durante a distração da vítima, a estelionatária trocou o cartão da vítima lhe entregando outro semelhante, de titularidade de um indivíduo do estado de MT. Portanto, somente na manhã desta data, na área central desta capital, tal grupo causou um prejuízo em torno de R$20.000,00 (vinte mil reais) para com as vítimas identificadas até o momento.

A autora foi autuada em flagrante delito pela prática dos crimes de furto mediante fraude e organização criminosa, sendo que contra a mesma já havia pendente mandado de prisão expedido pelo Distrito Federal, bem como já havia sido presa na Bahia, pela Polícia Federal, pela prática de estelionato.

A polícia orienta a população que não aceite auxílio de estranhos para utilização de caixas bancários de forma alguma, sempre verifique se o cartão que se encontra na sua posse, após utilização do terminal de autoatendimento, é realmente de sua propriedade. Em caso de dúvidas ou maiores esclarecimentos sobre o crime, a primeira delegacia de campo grande está à disposição da população de Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESCASO
Jovem é autuada por maus-tratos por deixar cachorro 'extremamente debilitado', ferido e doente
GERAL
Pequenos negócios tem até o dia 31 para aderir ao Simples Nacional
GERAL
Governo disponibiliza R$ 90 milhões para regiões atingidas por chuvas
FRONTEIRA
Taxista boliviano é preso em MS com cocaína que entregaria no interior de SP