Menu
Busca segunda, 20 de maio de 2019
FIM DA LINHA

Foragido e procurado pela PF, brasileiro é preso na Bolívia

15 março 2019 - 10h00Por Da Redação

Foragido da justiça brasileira e na lista dos dez criminosos mais procurados pela PF (Polícia Federal), foi preso na cidade de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, o brasileiro Gilmar José Baseggio, de 52 anos, vulgo ‘Tchoco’. A prisão aconteceu na quarta-feira (13/3).

De acordo com o Midiamax, em dezembro de 1999, uma equipe da PF sofreu uma emboscada por uma quadrilha liderada por ‘Tchoco’, durante uma investigação contra o tráfico internacional de drogas na região de Pimenteiras do Oeste, no Estado de Rondônia.

Na ocasião, o agente da PF, Roberto Simões de Mentzinger, foi morto e outros dois agentes baleados. 

Conforme o site, Gilmar foi preso em 2002, condenado a 37 anos de prisão, porém fugiu do Presídio Urso Branco, em Porto Velho. Até então ele estava foragido.

De acordo com o governo boliviano, ‘Tchoco’ era procurado por homicídio, tentativa de assassinato, roubo, evasão da justiça, evasão de prisão e tráfico de drogas, publicou o site Clave 300.

No país vizinho, ele estaria envolvido na agricultura em Santa Cruz de La Sierra para cobrir suas atividades ilícitas. Após a prisão, Gilmar foi extraditado para o Brasil onde cumprirá pena.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
Morador em Rondônia é preso na BR-463 com mais de 600kg de maconha
EDUCAÇÃO
Em MS 95 mil estudantes se inscreveram para o Enem
PRESSÃO
Bolsonaro diz que sem reforma, faltará dinheiro para salários em 2024
RESSOCIALIZAÇÃO
Blocos de cimento fabricados em presídio vão garantir calçamento a bairros de Aquidauana