Menu
Busca terça, 16 de julho de 2019
POLÍCIA

Guerra ao narcotráfico usa até helicópteros nas buscas por ‘Barão Escurra’

12 julho 2019 - 16h00Por MidiaMax

Durante a operação feita entre as policiais do Brasil e do Paraguai, na manhã desta sexta-feira (12), em Capitan Bado e Coronel Sapucaia – a 380 quilômetros de Campo Grande, helicópteros foram usados na ‘caçada’ ao narcotraficante Felipe “Barón” Escurra Rodríguez, de 39 anos, apontado pelas autoridades do país vizinho como um dos maiores fornecedores de maconha para o Brasil.

Os policiais usaram dois helicópteros, sendo que um no campo de processamento de maconha que foi invadido pelos policiais, onde foram encontradas 12 toneladas de droga em um complexo. Durante a operação houve troca de tiros e um traficante morreu, mas a sua identidade ainda não foi revelada.

O narcotraficante Freddy Irala Fernandes, conhecido como ‘Lico i’ foi preso, segundo o site ABC Color. Escurra estava solto depois de ser liberado pelo juiz Leonjino Benitez Caballero, da cidade de Capitan Bado, que acabou destituído do cargo, em março deste ano.

O juiz foi denunciado a corte por má conduta ao liberar o narcotraficante, que foi preso por associação criminosa, posse de drogas e de armas e receptação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FRONTEIRA
Polícia recupera veículo roubado no RJ e que seria entregue no Paraguai
BR-267
Carreta bate em 3 veículos durante interdição após acidente com morte
CORUMBÁ
Flagrado pedindo propina, ginecologista foi denunciado por abuso sexual
PREVIDÊNCIA
Senado pode aprovar reforma em 60 dias, diz Simone Tebet