Menu
Busca terça, 27 de outubro de 2020

Homem é condenado a 20 anos por matar enteada de 2 anos em MS

22 março 2016 - 10h00Por G1
O padrasto de uma criança de 2 anos foi condenado a 20 anos de prisão por matar a enteada de 2 anos enquanto ela dormia em Sidrolândia, no dia 24 de maio de 2015. A condenação pelo Tribunal do Júri foi na última sexta-feira (18).

O juiz Marcelo de Andrade Campo Silva considerou que o acusado era namorado da mãe, tinha livre acesso à casa da vítima e, inclusive, dormia ao lado dela. O réu também tinha passagens pela polícia. Por esses fatos, a pena foi definida em 15 anos. Além disso, foi aumentada em 1/3 pelo reconhecimento do jurado.

O réu foi condenado a pagar as custas processuais e negado o direito de recorrer em liberdade.

Entenda o caso

A agressão foi denuncia pela mãe que convivia com o suspeito há um mês, na época. A criança chegou a ser socorrida para o hospital, mas não sobreviveu. O caso aconteceu no assentamento Santa Lúcia.

Ela contou à polícia que foi até o quarto e encontrou o suspeito descontrolado, jogando a filha dela contra a parede várias vezes. A mulher também disse que tentou defender a criança, mas não conseguiu impedir as agressões do suspeito, que é mais forte e maior que ela.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BR-163
Fiat Strada carregada com 630 quilos de maconha foi apreendida pelo DOF durante a Operação Hórus
SAÚDE
Governo inclui Unidades Básicas de Saúde em programa de concessões
JUSTIÇA
Negada indenização a ex-companheiro por briga mútua com antigos cunhados
ECONOMIA
Construção civil apresenta inflação de 1,69% em outubro, diz FGV