Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
CAMPANHA SETEMBRO 15 á 30/09/2020
BATAGUASSU

Infrator é autuado em R$ 10,3 mil por exploração ilegal de madeira com uso de motosserra ilegal

27 julho 2020 - 16h30Por PM-MS

Policiais Militares Ambientais de Bataguassu realizaram fiscalização hoje (27) no município e autuaram o proprietário de uma fazenda por exploração irregular de madeira e também por uso de motosserra ilegal.  O infrator (64) derrubou com uso de máquinas pela raiz diversas árvores  de variadas espécies na propriedade em desacordo com a autorização ambiental que possuía e com a motosserra sem documentação.

O proprietário rural, residente em Caarapó, possuía uma autorização ambiental eletrônica (AA-E), que é retirada pelo portal do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (IMASUL) para explorar 11,13 m³ de madeira e havia derrubado árvores de espécies que não estavam autorizadas na licença e ainda em quantidade de 31,16 m³, ou seja, quase o triplo do autorizado.

Uma motosserra que estava sendo utilizada na exploração da madeira, na transformação das toras em pranchas, também não possuía o Documento de Porte e Uso (LPU), que é a licença ambiental para transporte e utilização deste tipo de máquina, o que se caracteriza como crime também. Toda a madeira e a motosserra foram apreendidas e as atividades foram interditadas.

                                                                    

                                                 Parte da madeira apreendida.                                                                

                                                                       

O infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 10.348,00 pelas duas infrações. Ele também responderá por crime ambiental de uso de motosserra sem documento ambiental, com pena prevista de três meses a um ano de detenção e por exploração ilegal de madeira, que prevê pena de seis meses a um ano de detenção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Acusação indevida de assédio moral gera indenização
PONTA PORÃ
Caminhões com 120 bovinos trazidos ilegalmente do Paraguai foram apreendidos pelo DOF
MEIO AMBIENTE
Infratora é autuada em R$ 56 mil por incêndio em madeira que se alastrou para pastagem
COMBUSTÍVEIS
ANP realiza mais de 7,4 mil fiscalizações no semestre