Menu
Busca terça, 22 de setembro de 2020

Interceptações mostram que criminosos de MS articulavam ações com PCC no Paraná

Interceptações mostram que criminosos de MS articulavam ações com PCC no Paraná

18 dezembro 2015 - 09h00Por Dourados News
Megaoperação realizada nesta quinta-feira (17) em todo o Estado do Paraná cumpriu 767 mandados de prisão, destes, 471 dentro de presídios daquele Estado. Todos os presos têm envolvimento com o Primeiro Comando da Capital (PCC) e estariam envolvidos nos mais diversos tipos de crimes. Segundo investigações da polícia local, diversos crimes foram cometidos pelos integrantes da facção, envolvendo também, criminosos que atuam em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o Paraná Online, de agosto de 2014 até dezembro de 2015 a polícia interceptou mais de 30 mil ligações relacionadas ao PCC em 12 Estados.

As interceptações renderam mais de 1.700 horas de conversas dos membros da facção. Além do Mato Grosso do Sul e do vizinho ao Sul, suspeitos em Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso, Bahia, Alagoas, Ceará, Goiás, Santa Catarina, Pernambuco, Rio Grande do Norte, participavam das ações.

O conteúdo das conversas interceptadas mostra que diversos crimes foram cometidos em benefício da organização criminosa, como tráfico de drogas, roubos de carros e residências, tráfico de armas e homicídios. Por decisão do Poder Judiciário, 237 telefones serão bloqueados, assim como 28 contas bancárias que, além do bloqueio, terão os valores sequestrados.

Alexandria

A operação teve o nome de Alexandria e começou depois que dois rapazes foram presos e, com eles, foram encontrados cadernos com várias anotações sobre todo o esquema do PCC.

O nome da operação foi inspirado na Biblioteca Real de Alexandria ou Antiga Biblioteca de Alexandria, que foi uma das maiores bibliotecas do mundo antigo, e faz alusão aos cadernos encontrados com os dois rapazes no Cope.

Ela existiu até a Idade Média, quando supostamente foi totalmente destruída por um incêndio cujas causas são controversas. Nela continha praticamente todo o saber da Antiguidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Engenheiro é autuado em R$ 50 mil por degradação de área protegida de mata ciliar do rio Salobra, o qual é protegido com proibição de pesca
NOTÍCIAS
Segurado será indenizado por atraso superior a 4 meses no conserto de veículo
AGRICULTURA
Com potencial de um país, MS é o 14º maior produtor de milho do mundo
CORONAVÍRUS
Reflexos do feriado dão sinais no avanço do coronavírus que já contaminou quase 65 mil pessoas em MS