Menu
Busca domingo, 24 de janeiro de 2021

Jovem de 20 anos entrega carta e se mata em frente a policiais

31 julho 2012 - 13h20
DouradosAgora


Um rapaz de 20 anos cometeu suicídio com uma arma de fogo na manhã de segunda-feira (30), em uma base da Polícia Militar Rodoviária (PMR) instalada na rodovia MS-134, entre os municípios de Nova Andradina e Batayporã. Segundo o site Nova News, ele poderia estar abalado com o término de um longo relacionamento.

Segundo a polícia, Bruno Luiz da Rocha dos Santos estacionou sua moto a cerca de 300 metros do posto e desceu deixando objetos como jaqueta, capacete e algumas munições na rodovia. Ele se aproximou dos policiais e disse que teria perdido a vontade de viver e por isso iria se matar. As autoridades tentaram convence-lo do contrário, porém, em vão.

Bruno entregou uma carta a um dos PMRs e em uma rápida ação, apontou a pistola nove milímetros em direção a sua cabeça e deu o tira fatal, deixando todos perplexos no local. Na carta, o rapaz dizia que não queria mais continuar vivendo com tantos problemas. Afirmou estar cansado e pediu para que sua mãe cuidasse dos negócios da família.

Residente em Batayporã, o suicida namorou por três anos uma menina de Nova Andradina que havia terminado com ele na última semana. Antes do ocorrido, ele tentou reatar o relacionamento dizendo à moça do que seria capaz. Por outro lado, ainda na carta, garantiu que não foi motivado pelo rompimento amoroso e que queria ser enterrado com sua aliança.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Ainda sem aprovação do Orçamento 2021, governo deve controlar gastos
SAÚDE
Estados brasileiros começam a receber vacina de Oxford
SAÚDE
Número de casos de Covid-19 continua alto na maioria das cidades do Estado
NOTÍCIAS
Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para obras inéditas