Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2019
POLÍCIA

Médico-diretor de universidade é baleado durante treino de motocross na fronteira

27 março 2019 - 21h26Por Luiz Guilherme

Morreu no início da noite desta quarta-feira (27/3), em Pedro Juan Caballero, o diretor acadêmico de faculdade de medicina na cidade paraguaia, ao ser baleado num tiroteio. De acordo com a polícia do país vizinho, Sandro Arredondo Lugo, faleceu ao chegar no hospital.

Sandro foi baleado no momento em que acompanhava um treino de motocross entre Pedro Juan e Zanja Pytã a 50 metros da BR-463. Segundo o boletim de ocorrência, os suspeitos chegaram a bordo de quatro caminhonetes e realizaram vários disparos contra os presentes, com quem se encontrava o piloto de aeronave Fernando Olmedo Calonga, acompanhado de dois seguranças.

A polícia também informou que Fernando era o alvo dos atiradores, mas como foram efetuados vários disparos, o médico acabou sentido atingido.

O medico juntamente com o piloto e um segurança conseguiram chegar a bordo de uma caminhonete blindada da marca Toyota, modelo Land Cruise, cor cinza, placa BXF 983 Paraguai até uma clínica particular de Pedro Juan Caballero.

Agentes da Divisão de Homicídios não descartam que o ataque era dirigido ao piloto de aeronave e seus seguranças e investigaram o caso com o apoio da promotora de justiça Liz Nadine Portillo e da Direção de Investigações de Casos Puníveis e agentes da Polícia Técnica da Polícia Nacional do Paraguai, que já informaram que os pistoleiros teriam utilizado arma de grosso calibre tipo fuzil durante o ataque.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Bolsonaro diz que Câmara votará porte de arma para produtor rural
POLÍTICA
Bolsonaro volta a defender mudanças na CNH e fim dos radares
NOVA ANDRADINA
Ciclista morre após ter a cabeça esmagada por carreta
MATO GROSSO DO SUL
Governador nomeia Fábio Rombi Defensor Público-Geral do Estado