Menu
Busca quinta, 14 de novembro de 2019
POLÍCIA

Operação combate tráfico de papagaios em MS

10 outubro 2019 - 14h30Por Da Redação

Operação conjunta desenvolvida desde o dia 2 de setembro pela PMA (Polícia Militar Ambiental) e pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) para prevenir a retirada de filhotes de papagaios dos ninhos pelo tráfico identificou Novo Horizonte do Sul como município em que o problema tem persistido com mais frequência e onde existem mais pessoas que têm sido presas por envolvimento.

“Ao conhecer a forma de agir dos traficantes, principalmente de aliciamento de assentados, funcionários de fazendas, entre outros, para fazerem as retiradas dos filhotes e depois comprarem, ninhos, principalmente os que sofreram violações no ano passado estão sendo monitorados e toda a região de tráfico está com equipes em trabalhos preventivos de bloqueios e nas propriedades e assentamentos rurais”, detalha a PMA.

Segundo os militares, tem sido da orientação e informação sobre a legislação e os problemas criminais e de multas também para quem adquire e tem em cativeiro os animais é uma das estratégias das equipes.

Na quarta-feira (9), um policial que trabalha na região recebeu ligação de um conhecido que reside em Novo Horizonte do Sul, pedindo orientação, onde poderia entregar dois papagaios que sua tia havia encontrado abandonados em uma rua da cidade.

O militar orientou que as aves fossem entregues no Pelotão da Polícia Militar da cidade. Os animais adultos e já domesticados foram abandonados por alguém que ficou com receio de ser pego com os papagaios, tendo em vista diversas vistorias realizadas pelas equipes na cidade e em propriedades rurais nesse período de operação. As aves serão encaminhadas ao Centro de Reabilitação de Animais silvestres.

Denominada Operação Bocaiúva, essa ação conjunta entre PMA, Ibama e Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) monitora, sobretudo, municípios próximos às divisas com os estados de São Paulo e Paraná, como Jateí, Batayporã, Bataguassu, Ivinhema, Novo Horizonte do Sul, Anaurilândia, Santa Rita do Pardo, Nova Andradina, Três Lagoas e Brasilândia, além de Naviraí, Itaquiraí, Eldorado e Mundo Novo.

Mas as autoridades destacam que a operação está sendo realizada em todo o Estado, como em 2018, quando houve redução na retirada de filhotes de papagaios no Estado. Isso porque de agosto a dezembro é o período reprodutivo dos papagaios, animais mais traficados no Estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIOS
PMA autua mais um exibicionista em R$ 2,9 mil por postar foto com dourado, peixe com pesca proibida
INTERNACIONAL
Secretário-geral da OEA diz que Evo Morales deu um autogolpe
GESTÃO
Secretaria de Administração vai leiloar 44 lotes de caminhões e maquinários agrícolas
POLÍCIA
Criminalidade em Mato Grosso do Sul e na Capital apresenta queda em 2019