Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020

Operação conjunta desbarata esquema de tráfico em pousada

Operação conjunta desbarata esquema de tráfico em pousada

19 outubro 2011 - 14h20
A Gazetanews

Após longo trabalho de investigação a Polícia Civil, em ação conjunta com a Polícia Militar, desbaratou um esquema de tráfico de drogas que tinha como base uma pousada situada às margens da BR-163, na saída para Guaíra, em Mundo Novo.

A operação que desarticulou o esquema, na Pousada Fronteira, que era mantido por brasileiros e paraguaios, foi desencadeada na manhã dessa terça-feira (18) e resultou na apreensão de droga e arma e na prisão em flagrante de pelo menos quatro pessoas acusadas de envolvimento com o narcotráfico.

De acordo com a Polícia Civil de Mundo Novo a organização criminosa era chefiada por uma mulher, Adriana Ferreira Carlos, de 37 anos, que é brasileira, mas também tem documentação paraguaia e inclusive era procurada pela Justiça do Paraguai pelo crime de tentativa de homicídio. Ela acabou presa durante a operação.

Na ação policial na pousada os policiais também prenderam Erivelto Henrique Batista, de 18 anos, que na hora da abordagem foi apontado como proprietário de um revólver calibre 32 encontrado no local.

Também foi preso Hélio Sandro Nunes Moreira, de 47 anos, morador em Minas Gerais, que tinha prisão decretada pela Justiça de seu estado de origem pelo crime de tráfico de drogas e a paraguaia, Maria Del Carmo Gonzáles Taboza, de 19 anos, acusada de envolvimento com o esquema de tráfico.

Durante vistoria aos fundos da pousada os policiais também encontraram três bolsas de náilon contendo 47 tabletes de maconha que depois de pesados, totalizaram 73,4 quilos da droga, além de uma balança, segundo a polícia, supostamente usada para a pesagem da droga.

Diante das investigações levantadas e todo o material apreendido, os quatro detidos durante a operação, os dois homens e as duas mulheres, foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Mundo Novo.

Segundo a polícia, todos foram autuados em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma, tráfico de drogas associação para o tráfico. Eles estão recolhidos na cadeia pública local à disposição da Justiça.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COTAÇÃO
Dólar fecha em alta nesta quarta após forte queda na terça
SAÚDE
Anvisa define requisitos para pedido de uso emergencial de vacina da Covid-19
Um dos critérios é que a vacina precisa estar em estudos clínicos de fase 3 - última etapa de testes - no Brasil
MAIS UMA CONDENAÇÃO
Chefe do tráfico na fronteira, Galã é condenado a 8 anos de prisão por lavagem de dinheiro em MS
ECONOMIA
Venda de veículos automotores aumenta 0,45% de outubro para novembro