Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020

Pecuarista é multado em R$ 2,5 mil ao derrubar 5 árvores para fazer cerca

24 maio 2016 - 08h45Por G1
A Polícia Militar Ambiental (PMA) autuou um pecuarista em R$ 2,5 mil por derrubada e exploração ilegal de madeira protegida por lei. A equipe encontrou 5 árvores derrubadas da espécie Aroeira (espécie protegida por lei), que eram exploradas sem licenciamento do órgão ambiental. O flagrante ocorreu na tarde desse domingo (22), em Bonito.

Os policiais percorriam diversas propriedades rurais no município, quando houve a fiscalização na propriedade do fazendeiro de 52 anos. As árvores exploradas estavam sendo transformadas em postes e estacas para uso em cercas da fazenda. Foi apreendida toda a madeira protegida resultante das árvores derrubadas.

O suspeito, residente em Guia Lopes da Laguna, foi autuado administrativamente e multado em R$ 2,5 mil. Ele também responderá por crime ambiental, que tem pena prevista de 1 a 2 anos de reclusão. A espécie vegetal aroeira é protegida por lei.

A portaria 83-N de 1991 do Instituto Brasileiro de Proteção ao Meio Ambiente (Ibama) proíbe o corte da "aroeira" e algumas outras espécies de madeiras nobres, sem plano de manejo, que precisa ser aprovado pelos órgãos ambientais. Inclusive, em desmatamentos autorizados, essas espécies não podem ser cortadas.

A PMA alerta que os proprietários rurais podem aproveitar até 30 m³ de madeira desvitalizada em sua propriedade. É só fazer um requerimento junto ao Instituto de Meio Ambiente (Imasul).

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
BC aprova 762 instituições para ofertar o Pix a partir de novembro
SAÚDE
Taxa de contágio se mantém estável, mas sobe número de internações por coronavírus
ORDEM DO DIA
Deputados aprovam projeto sobre contrato de transporte escolar
EDUCAÇÃO
Governo regulamenta renegociação de dívidas com o Fies