Menu
Busca quarta, 23 de setembro de 2020

PF cumpre 108 mandados de prisão em MS e mais 5 Estados; 43 são policiais

PF cumpre 108 mandados de prisão em MS e mais 5 Estados; 43 são policiais

17 novembro 2011 - 12h40
Campograndenews

De acordo com a PF, a quadrilha atua na pratica de contrabando e tem o envolvimento de policiais civis, militares e rodoviários federais. A Operação deve cumprir 108 ordens de prisão preventiva, sendo 43 contra policiais, e 150 mandados de busca e apreensão.

A maioria das ações da PF acontece hoje no Paraná, em 38 cidades, e em Mato Grosso do Sul são 3. Ainda não existem informações sobre a as ações desenvolvidas pela quadrilha em MS, apenas de que um dos municípios com mandado de prisão é Eldorado.

Os policiais ainda cumprem os mandados nos Estados de São Paulo (4), Minas Gerais (3), Rondônia (1) e Mato Grosso (1).

Todas as ordens foram expedidas pela Justiça Federal em Guaíra e em Umuarama. As investigações tiveram início há 14 meses, quando foram presas em flagrante 202 pessoas e apreendidos mais de 3 milhões de pacotes de cigarros do Paraguai, 6,5 toneladas de agrotóxicos, 109 caminhões, 76 automóveis e 13 embarcações.

As investigações ainda apontaram o envolvimento de 13 policiais civis, 29 militares e 1 policial rodoviário federal, sendo todos do Paraná. Eles são acusados de receber dinheiro para informar sobre as ações da PF contra o contrabando, garantindo ainda a livre circulação de veículos usados pela quadrilha para distribuir cigarros e agrotóxicos contrabandeados.

O Ministério Público do Paraná em Cascavel, a Secretaria de Estado da Segurança Pública do Paraná e a Corregedoria Regional da PRF colaboraram com as investigações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
STF mantém obrigação de locadoras terem cota de veículos adaptados
Norma era questionada pela Confederação Nacional dos Transportes
NOTÍCIAS
Criança sob guarda deve receber mesmo tratamento que filho em plano de saúde
MEIO AMBIENTE
Números de multas e de focos de queimadas no MS já superam 2019
POLÍTICA
Brasil é vítima de desinformação sobre meio ambiente, diz Bolsonaro