Menu
Busca sábado, 05 de dezembro de 2020
Faculdade columbia
GERAL

PF faz operação contra importação irregular de cabelo

10 novembro 2020 - 13h45Por Agência Brasil

A Polícia Federal (PF), em conjunto com a Receita Federal, deflagrou  hoje  (10) operação para desarticular grupo criminoso especializado na importação irregular de cabelos para revenda em território nacional. A operação cumpre sete mandados de busca e apreensão, expedidos pela 14ª Vara Federal de Curitiba, nas cidades de Foz do Iguaçu e Curitiba, no Paraná; São Paulo e Araçatuba, em São Paulo.

Parte do grupo é  composto por pessoas de origem indiana. Os investigados poderão responder pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e operação irregular de instituição financeira.

Batizada de Baalon, o nome da operação faz referência a uma das traduções da palavra cabelo  para o idioma híndi. O grupo agia por meio do subfaturamento do valor de importação da mercadoria. A polícia disse que, após a venda do cabelo no Brasil, o pagamento dos fornecedores estrangeiros era feito pela conversão do real em dólar.

Essa conversão, em geral, ocorria  por meio da remessa dos reais ao Paraguai, ou por meio de contato com algum operador financeiro, que “disponibilizava o contravalor por meio de  sistema internacional de compensação paralelo, sem registro nos órgãos oficiais, conhecido por dólar-cabo".

“As  mercadorias, quando não eram subfaturadas por meio de processos de importação realizados por empresas brasileiras, eram irregularmente internalizadas por meio da fronteira com o Paraguai. Vale ressaltar que a introdução da mercadoria se dava pela  supressão parcial ou total de tributos que incidiam na operação de importação - crime de descaminho” -, acrescentou  a PF.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Inscrições abertas para seleção de bolsas PIBIC, PIBIC-AAF e PIBITI
INTERNACIONAL
Rússia começa a vacinar principais grupos de risco contra covid-19
BONITO
PMA resgata jabuti com casco dilacerado por atropelamento, periquito ferido e gambá em pousada
LIBERDADE ECONÔMICA
Projeto enviado à Assembleia garante segurança jurídica e inovação aos empresário