Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020

PF indicia ex-servidor público e mais dois por rombo de R$ 400 mil ao INSS

PF indicia ex-servidor público e mais dois por rombo de R$ 400 mil ao INSS

04 dezembro 2015 - 10h45Por Dourados News
A Polícia Federal em Três Lagoas indiciou um ex-servidor do INSS e dois funcionários de escritório de contabilidade por fraudes na concessão de benefícios previdenciários ocorridas entre 2005 e 2006 na Agência de Previdência Social de Aparecida do Taboado.

Durante as investigações constatou-se que o trio agiu na arregimentação de trabalhadores, preparou documentos e concedeu aposentadorias rurais por idade em desacordo com normas administrativas e legais.

De acordo com a Polícia Federal, o prejuízo causado aos cofres do INSS chega a aproximadamente R$ 400 mil durante o período.

Os indiciados poderão ser processados pelo crime de peculato (artigo 312 do Código Penal) e condenados a penas superiores a 12 anos de reclusão em razão da reiteração das condutas criminosas.

A assessoria de comunicação da PF informou que existem outros inquéritos em andamento com investigações semelhantes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Passageiros serão indenizados após falha em realocação da companhia aérea
SAÚDE
Covid-19: ocupação de leitos na rede privada cai para 57% em agosto
ECONOMIA
Dólar fecha em forte alta com incerteza fiscal no radar
FALSO FRETE
Polícia Civil recupera veículo roubado em Dourados