Menu
Busca sexta, 30 de outubro de 2020

PMA autua corretor de imóveis por armazenamento ilegal de madeira protegida por lei

07 abril 2016 - 09h00Por PMA
Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Bonito realizava fiscalização no município e autuou hoje (6) pela manhã um corretor de imóveis por armazenamento ilegal de produto florestal protegido por lei. Os policiais localizaram em um rancho, localizado a 39 km da cidade, de propriedade do autuado, 200 estacas para cerca, perfazendo 3,5 m³ de madeira da espécie aroeira armazenada sem autorização ambiental (DOF – Documento de Origem Florestal) e, consequentemente, sem origem. Esta espécie florestal é imune de corte. A madeira foi apreendida.

O infrator, de 45 anos, residente em Bonito recebeu multa administrativa no valor de R$ 1.132,00. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado poderá receber pena de um a dois anos de reclusão.

A portaria 83 N de 1991 do IBAMA proíbe o corte da "aroeira" e algumas outras espécies de madeiras nobres, sem plano de manejo, que precisa ser aprovado pelos órgãos ambientais. Inclusive, em desmatamentos autorizados, essas espécies não podem ser cortadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Mato Grosso do Sul é o 5º maior gerador de empregos do país no acumulado de 2020
EDUCAÇÃO
Fies: inscrição para não matriculado pode ser feita até terça-feira
CRIME AMBIENTAL
Infrator é autuado em R$ 20 mil por desmatamento ilegal de vegetação protegida por lei na sua propriedade em Nova Alvorada do Sul
GERAL
Dia de luta contra o reumatismo é lembrado hoje no país