Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020

PMA autua fazendeiro em R$ 24,2 mil por armazenamento irregular de agrotóxicos

PMA autua fazendeiro em R$ 24,2 mil por armazenamento irregular de agrotóxicos

10 novembro 2015 - 07h45Por PMA
A Polícia Militar Ambiental de Dourados (PMA) realizou uma fiscalização neste domingo (8) em uma fazenda localizada à rodovia MS 156, na altura do Km 20, e localizaram agrotóxicos armazenados de forma inadequada, com riscos de contaminação ambiental e humana.

O armazenamento do produto perigoso em um barracão estava junto a sementes de soja e outros produtos, onde não havia isolamento nem contenção para possível vazamento dos produtos e todos os trabalhadores da fazenda tinham contado com os produtos, principalmente quando manuseiam as sementes no local. Também não havia rótulos de riscos no local, nem placas de advertência, contrariando as normas técnicas e a legislação ambiental, bem como a bula dos próprios produtos. Assim, a PMA confeccionou um auto de infração administrativo contra o infrator e arbitrou multa de R$ 24 mil.

O autuado também responderá por crime ambiental, previsto pelo artigo 56 da Lei 9.605/1998 de: produzir, processar, embalar, importar, exportar, comercializar, fornecer, transportar, armazenar, guardar, ter em depósito ou usar produto ou substância tóxica, perigosa ou nociva à saúde humana ou ao meio ambiente, em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou nos seus regulamentos. Se condenada, poderá pegar pena de um a quatro anos de reclusão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Celso de Mello antecipa aposentadoria do STF
CAARAPÓ
Policiais civis prendem jovem e comparsa suspeitos de tráfico de drogas
ECONOMIA
Febraban prevê que carteira de crédito deve subir 11,6% em agosto
CRIME AMBIENTAL
Polícia Militar Ambiental de Batayporã prende e autua quatro em R$ 8,4 mil por pesca predatória e apreende 139 kg de pescado, dois barcos, dois motores e petrechos