Menu
Busca terça, 22 de setembro de 2020
CAMPANHA SETEMBRO 15 á 30/09/2020
RIBAS DO RIO PARDO

Polícia Civil prende jovem suspeito de agredir companheira e de mantê-la em cárcere privado

04 agosto 2020 - 10h15Por PC-MS

Na tarde desta segunda-feira (3), o (Setor de Investigações Gerais da Delegacia de Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo prendeu, em flagrante, um jovem de 18 anos, suspeito de praticar os crimes de lesão corporal dolosa e cárcere privado contra a companheira de 14 anos.

Segundo apurado, suspeito e vítima estavam morando juntos por aproximadamente 7 meses. No período da manhã, o casal teve uma discussão, o que gerou irritação por parte do suspeito.

No contexto da discussão, o jovem de 18 anos começou a desferir socos no rosto e na cabeça da vítima. Depois de ser agredida, a vítima tentou sair da residência, mas foi puxada pelos braços e jogada na cama, tendo sofrido, ainda, vários arranhões.

O suspeito trancou todas as portas de casa e manteve a vítima em cárcere privado, impedindo-a de sair do local para pedir socorro e, até mesmo, procurar a Polícia.

Por um descuido do suspeito, a vítima conseguiu se desvencilhar e sair de casa por volta de 15h, indo imediatamente à Delegacia para contar os fatos aos policiais civis. A adolescente apresentou-se bastante machucada, com equimoses nos braços e rosto.

Assim que receberam a notícia dos crimes, investigadores, acompanhados da Autoridade Policial, realizaram diversas diligências, e localizaram o agressor no Bairro Boa Vista, especificamente na casa de sua mãe.

O jovem recebeu voz de prisão pela prática, em tese, dos crimes de lesão corporal dolosa e cárcere privado, mediante violência doméstica, e foi encaminhado à unidade policial para as providências cabíveis. Ele está custodiado à disposição da justiça.

Deixe seu Comentário

Leia Também

R$ 60 MIL
Família será indenizada pela morte do filho em baile funk
JUSTIÇA
TST determina fim da greve dos Correios
NOTÍCIAS
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
POLÍTICA
Interesses ocultos usam meio ambiente para prejudicar país, diz Heleno