Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020

Polícia descobre esquema usado para furtar R$ 3 milhões em gado

Polícia descobre esquema usado para furtar R$ 3 milhões em gado

13 abril 2016 - 10h45Por Correio do Estado
Policiais de Camapuã e do Grupo Armado de Resgate e Repressão a Assaltos e Sequestros (Garras) prenderam Visomar Pereira de Oliveira, 52 anos, suspeito de cometer furto milionário de gado na fazenda São Judas Tadeu.

Nos primeiros meses deste ano, o suspeito, que trabalhava como gerente, conseguiu furtar 1.317 cabeças de gado. O valor estimado dos animais é de R$ 3 milhões. Ele os vendia aos poucos, sem nota, ou usava terceiros para negociar. Os compradores, que também podem ser presos por receptação, seriam da região do Distrito de Pontinha do Coxo.

De acordo com o site Camapuã Mais, a investigação conseguiu reunir fortes indícios da participação de Visomar no crime. Ele acabou apresentando-se à Polícia Civil.

O delegado da cidade, Leonardo Antunes Ballerine Fernandes, que preside o inquérito, também já havia pedido a prisão preventiva do gerente de fazenda.

Além da prisão, ainda foram apreendidos quatro veículos, um caminhão, uma moto e houve bloqueio de bens de Visomar, como uma casa e um fazenda de 60 hectares, que fica perto do local do crime.

O delegado ainda disse ao Camapuã Mais que apura quem foram os receptadores do gado furtado. Na lista estão empresários, fazendeiros e transportadoras. Segundo o policial, está sendo apurado com corretores a venda desses animais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
BC aprova 762 instituições para ofertar o Pix a partir de novembro
SAÚDE
Taxa de contágio se mantém estável, mas sobe número de internações por coronavírus
ORDEM DO DIA
Deputados aprovam projeto sobre contrato de transporte escolar
EDUCAÇÃO
Governo regulamenta renegociação de dívidas com o Fies