Menu
Busca segunda, 18 de janeiro de 2021

O trio é acusado de invadir um chiqueiro situado na região da Vila Limeira, furtar e abater o animal

19 julho 2012 - 17h00
Agazetanews

A Polícia Civil indiciou três homens residentes na Vila Limeira, acusados de furtar um porco na cidade, em Amambai.

O trio é acusado de invadir um chiqueiro situado na região do bairro onde moram, na noite da sexta-feira, 13 de julho, furtar e abater o animal.

Segundo a Polícia Civil, após denúncia da proprietária do animal, uma mulher moradora no bairro citado, uma equipe passou a investigar o caso e chegou a um dos suspeitos, Roberto Carlos Aquino, de 32 anos.

Ao ser abordado pelos investigadores, Roberto Carlos, que inclusive ainda tinha 10 quilos da carne do animal guardado em sua casa, teria relatado que de fato no início da madrugada do dia 13 de julho dois rapazes, Celso Douglas Rosa e Orides da Cruz, ambos de 26 anos, teriam chegado a sua casa com um porco que diziam ter ganhado de uma tia.

Segundo teria relatado Roberto aos policiais, o animal foi carneado ainda durante a madrugada da sexta-feira em sua residência e a carne repartida entre eles.

Segundo a Polícia Civil, quando os investigadores abordaram Roberto Carlos Aquino, os outros dois acusados de envolvimento no furto já haviam fugido e após o primeiro contato com a polícia, Roberto Carlos também teria fugido da cidade para local ignorado. A polícia trabalha no caso.

Em casos dessa natureza, onde o crime de furto é cometido por duas ou mais uma pessoas, o artigo 155, parágrafo 4º do Código Penal Brasileiro prevê pena varia, em caso de condenação, de 2 e 8 anos de prisão, mais o pagamento de multa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford
EDUCAÇÃO
Enem 2020: confira hoje a correção das provas ao vivo
BRASIL
Mesmo com vacina, vitória sobre coronavírus passa por 'mudança de comportamento social'
Antônio Barra Torres deu declaração ao abrir reunião da Anvisa que analisa pedidos de uso emergencial de duas vacinas contra Covid-19
SAÚDE
Ocupação de leitos em UTI Covid continua alta nas cinco macrorregiões do Estado