Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
CAMPANHA SETEMBRO 15 á 30/09/2020
ROCHEDO

Polícia investiga morte de garoto de 13 anos com tiro de espingarda disparado acidentalmente por colega em MS

Crime ocorreu na manhã desta quinta-feira (23), em Rochedo, no norte de MS; pai do autor vai responder por posse ilegal de arma e omissão de cautela.

24 janeiro 2020 - 09h00Por G1MS

Um adolescente de 13 anos morreu na manhã desta quinta-feira (23), em Rochedo, no norte de Mato Grosso do Sul, com um tiro de espingarda de pressão, modificada para calibre 22, na nuca. Segundo a Polícia Civil, o disparo foi feito acidentalmente por um amigo da vítima, também de 13 anos, quando manuseava a arma, que seria de seu pai.

O crime ocorreu por volta das 9h40, na casa do jovem que efetuou o disparo. O delegado Valmir Moura Fé, que é o responsável pela investigação, disse que os pais do garoto tinham saído para trabalhar e que ele havia chamado o colega para ir até o local. Mexendo em cima do guarda-roupa os dois encontraram a espingarda.

“De acordo com o depoimento do menor, ele estava manuseando a arma quando seu dedo tocou o gatilho e houve o disparo, acertando a cabeça do amigo, que se encontrava na porta do quarto”, explicou o delegado.

Moura Fé diz que após atirar no colega, o adolescente ligou para a mãe e avisou o que tinha ocorrido. Ela não teria acreditou, mas foi até o local. Quando chegou e constatou que era verdade, ligou para o socorro e a polícia.

 

A vítima chegou a ser levada para o hospital de Rochedo, mas não resistiu e morreu. A polícia levou então o adolescente e seu pai, que seria o proprietário da arma, para prestarem depoimento.

O pai do autor disse que havia comprado a arma em um outro município, com o objetivo de se proteger de animais e também para a caça.

Como a arma não tinha registro e havia sido modificada, o pai do autor vai responder por posse ilegal de arma e omissão de cautela, porque não guardou de maneira adequada a espingarda.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ORDEM DO DIA
Aprovada exigência de álcool em gel em estabelecimentos de MS
POLÍCIA
Delegacia de Laguna Carapã esclarece feminicídio ocorrido no domingo em que vítima foi encontrada dentro de poço
RAIO X
Policiais Civis de Três Lagoas cumprem mandado de prisão em apoio à Operação iniciada em São Paulo
LAGUNA CARAPÃ
Veículos com produtos avaliados em mais de um milhão de reais foram apreendidos pelo DOF durante a Operação Hórus