Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
CRIME AMBIENTAL

Empresário é autuado em R$ 10 mil por aterrar área protegida para construção de ancoradouro de barcos em seu rancho

18 maio 2020 - 18h00Por PM-MS

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Aparecida do Taboado realizava fiscalização na área rural do município de Paranaíba e autuou no início da tarde de hoje (18), um empresário e proprietário de um rancho por degradação de área protegida de preservação permanente (APP). O infrator (55) com uso de máquinas e caminhões-caçambas aterrou 0,64 hectares de área remanescente e em reconstituição de matas ciliares do rio Barreiro, sem autorização ambiental.

As máquinas e caminhões não estavam mais no local e a obra fora executada para a construção de um ancoradouro de barcos no rancho do empresário, onde há um loteamento com vários ranchos, a 23 km da cidade de Paranaíba. As atividades foram interditadas.

O infrator, residente em Paranaíba, foi autuado administrativamente e multado em R$ 10.000,00. Ele também foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Paranaíba e responderá por crime ambiental, com pena prevista de um a três anos de detenção. O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental um plano de recuperação da área degradada e alterada (PRADA).

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS - (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Deixe seu Comentário

Leia Também

CIDADES
No último sorteio de maio, Mega-Sena pode pagar até R$ 38 milhões
COVID-19
Casos de covid-19 em frigoríficos de MS chegam a 325, diz MPT
NOTÍCIAS
Demandas do consumidor podem ser resolvidas pelo celular
CIDADES
UFMS abre inscrições para curso de Especializadação em Segurança Pública