Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020
Faculdade columbia
JARDIM

Polícia Militar Ambiental de Jardim fiscaliza o rio da Prata e Formoso onde a pesca é proibida e apreende petrechos ilegais

21 outubro 2020 - 18h00Por PM-MS

A Polícia Militar Ambiental de Jardim recebeu denúncias de possível atividade de pesca nos rios da Prata e Formoso (rios com pesca proibida) e realizou fiscalização desde à tarde de ontem até o final da manhã hoje (21) nos dois rios e também no rio Miranda, no sentido de prevenir e reprimir a pesca predatória.

Durante os trabalhos foram apreendidos 47 anzóis de galho e dois espinheis com 15 anzóis cada um (petrechos proibidos). 19 anzóis de galho e um dos espinheis estavam nos rios da Prata e Formoso, demonstrando que os pescadores não se arriscam a se manter em atividade de pesca nesses rios onde a atividade é proibida, porém, armam os petrechos ilegais devido ao pouco tempo de exposição para armá-los e normalmente fazem isso à noite, o que dificulta a prisão. Os proprietários dos petrechos ilegais não foram identificados.

Mesmo que não sejam presos esses infratores, a intensificação deste tipo de fiscalização para a retirada desses petrechos com alto poder de captura evita a degradação dos cardumes. Uma das maiores preocupações da PMA é relativa à retirada dos rios desses petrechos proibidos que são armados por infratores, principalmente as redes de pesca que têm alto poder de captura e depredação de cardumes. Existe muita dificuldade de se prender os autores devido ao pouco tempo de exposição nos rios na atividade ilegal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COTAÇÃO
Dólar fecha em alta nesta quarta após forte queda na terça
SAÚDE
Anvisa define requisitos para pedido de uso emergencial de vacina da Covid-19
Um dos critérios é que a vacina precisa estar em estudos clínicos de fase 3 - última etapa de testes - no Brasil
MAIS UMA CONDENAÇÃO
Chefe do tráfico na fronteira, Galã é condenado a 8 anos de prisão por lavagem de dinheiro em MS
ECONOMIA
Venda de veículos automotores aumenta 0,45% de outubro para novembro