Menu
Busca quinta, 09 de julho de 2020
Respeito a vida
POLÍCIA

Polícia Militar Ambiental de Jardim surpreende dois pescadores fazendo arrastão com redes no rio Miranda

25 junho 2020 - 12h30Por PM-MS

Dois Pescadores foram surpreendidos praticando pesca predatória no rio Miranda, quando Policiais Militares Ambientais de Jardim realizavam fiscalização no município de Guia Lopes da Laguna, a 30 km da cidade, e surpreenderam dois pescadores armando redes no rio hoje (25) de madrugada.

Os dois infratores foram surpreendidos, armando uma rede de pesca (petrecho ilegal) e, ao avistarem o farol da equipe, eles empreenderam fuga pela mata, abandonando o petrecho proibido que armavam na pescaria predatória. Apesar de diligências, os indivíduos não foram localizados. No local, a PMA ainda retirou mais duas que os fugitivos já tinham armado. Os homens iniciavam a pescaria e ainda não tinham capturado nenhum peixe. Os petrechos foram apreendidos.

Esse tipo de fiscalização preventiva é fundamental e tem sido prioritária nos trabalhos preventivos à pesca predatória da PMA, pois a retirada desses petrechos ilegais dos rios impede a degradação dos cardumes, tendo em vista o alto poder de captura destes tipos de petrechos. Além disso, é muito difícil a prisão dos elementos que se utilizam desses petrechos ilegais, em virtude do pouco tempo que levam para armar e conferir os peixes capturados pelas redes, ficando pouco tempo expostos. Mais difícil ainda porque armam normalmente à noite, como foi o caso desses dois infratores fugitivos.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS - (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Fornecedores do governo poderão pedir antecipação do crédito
NOTÍCIAS
Município deve indenizar e pagar pensão a trabalhador que caiu de caminhão de lixo
REGIÃO
Polícia Militar Rodoviária apreende mais de uma tonelada de maconha e recupera veículo roubado
POLÍCIA
Homem é preso por manter a ex-esposa em cárcere e ainda é suspeito de estuprar filhas e sobrinha
Ele estava foragido desde 2018 pela violência contra a mulher.