Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
Faculdade columbia
CASSILÂNDIA

Polícia prende bandidos e impede assalto que ocorreria em agência bancária de MS nesta segunda-feira

Todos os envolvidos tinham especialidade neste tipo de crime, entre eles um adolescente. Investigação busca mandantes, que seriam presidiários.

21 setembro 2020 - 14h30Por G1MS

A Polícia Civil prendeu bandidos e impediu o assalto que ocorreria na manhã desta segunda-feira (21), em uma agência bancária de Cassilândia, na região leste do estado. Na ocasião, o grupo usaria armas para, possivelmente, render seguranças e o gerente, mesmo modo de agir frequentemente investigado pela Delegacia Especializada em Repressão à Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros (Garras).

O flagrante ocorreu nesse domingo (20) em uma casa no Jardim das Hortências, em Campo Grande. Dois homens foram presos em posse de revólveres e armas longas. Ao mesmo tempo, em Cassilândia, outros dois envolvidos foram detidos, sendo um deles adolescente.

Todos os envolvidos tinham especialidade neste tipo de crime, sendo que os adultos foram autuados por associação criminosa armada, posse ilegal de arma de fogo e corrupção de menores. Já o adolescente responde por ato infracional análogo aos dois primeiros crimes.

A polícia instaurou inquérito nesta manhã (21) e prossegue as buscas, no sentido de elucidar o caso completamente, além de identificar os mandantes, que seriam detentos de presídios da Capital, segundo a polícia.

Denúncias, sob total sigilo, podem ser efetuadas pelo telefone: (67) 3357-9500.

Grupo criminoso tinha petrechos e era especializado em invadir agências bancárias, diz polícia  Foto: Polícia Civil/Divulgação

Grupo criminoso tinha petrechos e era especializado em invadir agências bancárias, diz polícia — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Resgates superam investimentos no Tesouro Direto em R$ 168,48 milhões
EDUCAÇÃO
Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior
ECONOMIA
Contas externas têm em setembro sexto mês seguido de saldo positivo
INTERNACIONAL
Brasil e outros 31 países assinam declaração sobre saúde da mulher