Menu
Busca quinta, 27 de junho de 2019
PONTA PORÃ

Policial paraguaio é preso com caminhonetes roubadas no Brasil

09 janeiro 2019 - 08h00Por Da redação

Suboficial de policía paraguaia foi preso em Pedro Juan Caballero com duas caminhonetes tomadas em assalto na cidade de Ponta Porã, na região de fronteira entre Mato Grosso do Sul e o Paraguai.

Durante investigação realizada pela Direção de Casos Puníveis da Polícia Nacional do Paraguai, em Pedro Juan Caballero, após a prisão do suboficial, Júlio Simón Mendoza Acosta, 29 anos, com uma caminhonete Toyota Hilux, de cor branca, com placas QAM-8438, tomada em assalto na cidade de Ponta Porã no dia 04 de janeiro.

Com as informações em mãos, os investigadores iniciaram uma caça aos policiais que atuavam às margens da Lei, quando na tarde de ontem (8/1), por volta das 16 horas, realizaram a prisão do suboficial inspetor, Pedro Yanel Barua Acosta, 35 anos, em cuja residência situada no bairro San Juan Neuman, foram encontradas duas caminhonetes também tomadas em assalto por homens fortemente armados na cidade de Ponta Porã.

Na residência do suboficial da polícia em Pedro Juan Caballero foram recuperadas uma caminhonete Toyota Hilux, de cor preta, com placas HTI-2149, de Ponta Porã que já estava com placas paraguaia AOF-233 e uma caminhonete Toyota, SW4, também de cor preta, com placas QAF-7272, também de Ponta Porã que estava sem placas.

As investigações apontavam na participação de policiais nos roubos de caminhonetes pela que as várias dependências policias começaram uma investigação a fim de colocar os policiais fora da Lei na cadeia, investigação esta que ate o momento já recuperou três caminhonetes e dois suboficiais da Polícia Nacional do Paraguai em Pedro Juan Caballero foram presos com o apoio do Ministério Público e dos agentes da Corregedoria da Polícia que realiza um trabalho conjunto com as autoridades brasileiras no combate aos roubos de veículos na região de fronteira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO MS
Projeto em MS quer conscientizar uso de água
INFLUENZA
Gripe volta a matar e dois novos óbitos são registrados em MS
BRASIL
CCJ do Senado aprova texto que criminaliza abuso de autoridade
OPERAÇÃO KRIMOJ
Facção abrigava parentes de presos e ‘irmãos’ em casas e mansão na Capital