Menu
Busca terça, 22 de setembro de 2020

Policial que matou um e feriu dois em boate já está no Presídio Militar

Policial que matou um e feriu dois em boate já está no Presídio Militar

23 novembro 2011 - 13h20
Campograndenews


O soldado da Polícia Militar Abrão Pedro de Amaral Filho, de 26 anos, que atirou contra três homens em frente à boate Sobrados, na rua Brilhante, na madrugada de hoje prestou depoimento e foi encaminhado ao Presídio Militar. Ele foi indiciado por homicídio doloso e tentativa de homicídio.

A delegada que atendeu o caso, Fernanda Felix Mendes, confirmou que o PM estava passando pelo local quando viu o tumulto entre três clientes e o porteiro. Ele parou e se apresentou como policial. Nesse momento, o jardineiro Anderson de Souza e Silva, de 30 anos, foi até o carro e pegou um facão.

Pelas costas do policial, ele deu um golpe que atingiu a cabeça e as costas do PM. Washington Pereira da Silva, de 35 anos, também tentou agredir o policial utilizando um bastão de madeira, mas não conseguiu.

Após a agressão o PM efetuou aproximadamente oito disparos. Um acertou Anderson no peito, que morreu no local, outro tiro atingiu Washington no fêmur e o amigo deles, Adinir Alves dos Santos, de 49 anos, levou um tiro no braço.

Todos foram socorridos e encaminhados à Santa Casa. Apenas Washington continua internado. O outro homem que foi baleado, o porteiro e o barman já foram ouvidos pela delegada.

De acordo com o que foi apurado até o momento, os três amigos já chegaram à boate embriagados. Eles pagaram para entrar e tinham direito a consumir duas cervejas. Dentro do estabelecimento cada um pediu uma bebida no valor de R$10 após pagar por tudo. Washington rasgou a comanda na frente do barman, que pediu que eles fossem embora do local.

Na saída, o trio foi barrado pelo porteiro, porque estavam sem a comanda. Eles discutiram e o policial se aproximou.

De acordo com a delegada, apenas o PM será indiciado, por que “era um facão cego e um pedaço de madeira contra uma pistola”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Secretário-geral da ONU pede acordo global contra desigualdades
ECONOMIA
CNI: atividade industrial segue em recuperação com alta do emprego
MS
Governo do Estado convoca escrivães aprovados no concurso da Polícia Civil para ocupar vagas remanescentes
CRIME AMBIENTAL
Engenheiro é autuado em R$ 50 mil por degradação de área protegida de mata ciliar do rio Salobra, o qual é protegido com proibição de pesca