Menu
Busca segunda, 30 de novembro de 2020

Quadrilha compra 5 carros em menos de um mês em concessionária da Capital

23 agosto 2011 - 15h05
Quadrilha compra 5 carros em menos de um mês em concessionária da Capital

Midiamax

Douglaciel Areco da Silva, de 18 anos, Estiver Adriano dos Santos, 26 anos, Wellington Nunes de Andrade, 29 anos foram presos no início da semana e apresentados nesta terça-feira (23) pelo Garras (Grupo Armado de Repressão a Assaltos, Roubos e Seqüestros) por formação de quadrilha e estelionato. Em menos de um mês eles usaram documentos falsos para comprar carros Citroen C3 em uma concessionária da Capital e venderam os veículos por preços mais baixos. A polícia acredita que os carros estejam no interior de Mato Grosso do Sul.


Eles atuavam junto com Ademar Pereira Mariano, de 37 anos, envolvido em 2009 no esquema que falsificava documentos para casas construídas pela Agehab (Agência Estadual de Habitação) e Josué Almada, de 59 anos, presos no último dia 27.


Cada veículo custa, em média, R$ 40 mil e eles revendiam a R$ 10 mil. Foi expedido mandado de busca e apreensão dos veículos, mas nenhum deles foi localizado. Caso encontrados, os receptadores dos carros deverão ser responsabilizados e também responder criminalmente, porque sabiam que o valor estava abaixo do mercado.


Douglaciel, Estiver e Wellington são responsáveis por receber os documentos falsificados na concessionária e retirar os veículos. A polícia investiga a participação de funcionários na facilitação do cadastro e análise para a aprovação do crédito para a retirada dos veículos.


“Cavalo de pau”

Douglaciel Areco confessou aos repórteres durante a apresentação que achou “emocionante” o que fez. “Eu nunca tinha dirigido um Citroen, dei até cavalinho de pau”, contou.


Os três foram presos em flagrante tentando retirar o sexto veículo da loja.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ARAL MOREIRA
Homem é encontrado carbonizado e com marcas de tiros no corpo
Motocicleta com placas do Paraguai também foi queimada
IGUATEMI
Homem morre vítima de tiro acidental na cabeça durante pescaria
Jair Ruzzene, de 56 anos, se apoiou em cano de espingarda quando arma disparou e o atingiu
MARACAJU
Veículo com quase meia tonelada de maconha foi apreendido pelo DOF
ECONOMIA
Caixa retorna valores não movimentados do saque emergencial do FGTS