Menu
Busca segunda, 19 de outubro de 2020
FRONTEIRA

Receita destrói 7 mil equipamentos piratas de TV por assinatura em MS

De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações, os equipamentos podem ainda facilitar o roubo de dados pessoais dos usuários, porque ficam conectados à internet, sem proteção.

25 setembro 2020 - 16h00Por G1MS

A Receita Federal destruiu cerca de 7 mil equipamentos piratas de TV por assinatura na manhã desta sexta-feira (25), em Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul, região de fronteira com o Paraguai.

Segundo o órgão, os aparelhos que desbloqueiam ilegalmente sinais de televisão a cabo, foram apreendidos na fronteira com o país vizinho.

De acordo com a receita, a destruição começou por volta das dez da manhã e deve levar o dia inteiro. Os equipamentos não são homologados pela Agência Nacional de Telecomunicações (ANT).

Ainda de acordo com a ANT, os equipamentos podem ainda facilitar o roubo de dados pessoais dos usuários, porque ficam conectados à internet, sem proteção.

Conforme a agência, além da violação dos direitos autorais, aparelhos piratas como esses dão um prejuízo anual de 9 bilhões e meio de reais para a indústria audiovisual do país, segundo a Associação Brasileira de TV por assinatura.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
MS registra queda na média móvel de óbitos por Covid-19, mas população ainda precisa ficar atenta
POLÍTICA
Bolsonaro participa da abertura de fórum econômico com países árabes
JUSTIÇA
TSE rebate notícias falsas sobre urna de 2018 que voltaram a circular
GERAL
INSS define como comprovar vida de beneficiário que mora no exterior