Menu
Busca segunda, 18 de janeiro de 2021
YARIS-DS DOURAMOTORS - JANEIRO 2021
MEIO AMBIENTE

PMA resgata gavião atropelado e captura serpente caninana em residência

14 janeiro 2021 - 09h30Por PM-MS

Um fato inusitado ocorreu hoje (14) há pouco, à 7h20, quando a Policia Militar Ambiental de Bonito recebeu no quartel, o motorista de um veículo Chevrolet S10 com um gavião enroscado na grade dianteira do veículo. O homem informou ter atropelado o bicho a cerca de 20 km da cidade na rodovia MS 178 e afirmou que tentou retirar o animal no local, porém, o bicho estava muito agressivo.

Dessa forma, escolheu dirigir lentamente até o quartel da PMA para o resgate do animal, um gavião de grande porte da espécie Caracara plancus, conhecida como carcará. Os Policiais fizeram o resgate do gavião e estão levando para atendimento veterinário, para tratamento. Assim que ele estiver com a saúde estabilizada será encaminhado ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), em Campo Grande, ou solto na natureza, caso os profissionais afirmarem que o animal pode continuar a vida normalmente no seu habitat.

PORTO MURTINHO

Em Porto Murtinho, os Policiais Militares Ambientais daquela cidade capturaram ontem (13) à tarde, uma serpente da espécie Spilotes pullatus (caninana) que estava em uma residência na vila de militares da Marinha. Um militar acionou a PMA, quando avistara a serpente de aproximadamente um metro em uma varanda da sua residência e temeu o risco para sua família.

Captura da serpente caninana.

A serpente, que apesar de ter fama de muito perigosa, não é peçonhenta, foi capturada pela PMA, colocada em uma caixa de contenção e, como não apresentava ferimentos, foi solta no seu habitat natural.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford
EDUCAÇÃO
Enem 2020: confira hoje a correção das provas ao vivo
BRASIL
Mesmo com vacina, vitória sobre coronavírus passa por 'mudança de comportamento social'
Antônio Barra Torres deu declaração ao abrir reunião da Anvisa que analisa pedidos de uso emergencial de duas vacinas contra Covid-19
SAÚDE
Ocupação de leitos em UTI Covid continua alta nas cinco macrorregiões do Estado