Menu
Busca quinta, 21 de março de 2019
(67) 9.9973-5413
BANNER ÁGUA
OPERAÇÃO PREGÃO

Sócio de empresa investigada, policial civil é um dos presos nesta quinta-feira

14 março 2019 - 11h23Por Da Redação

Foi preso durante a terceira fase da Operação Pregão desencadeada em Dourados na manhã desta quinta-feira (14/3), o policial civil Ademir Almada de Góes Junior, de 22 anos e Maria Madalena Godoe Almada, de 49.  A ação ocorreu também em Campo Grande.

De acordo com o Dourados News, ambos são moradores na Capital e proprietários da empresa de refrigeração contratada pela prefeitura com dispensa de licitação que resultou nesta nova etapa de investigações. 

Além dos nomes citados, o ex-secretário de Fazenda, João Fava Neto, também acabou preso em Campo Grande. 

Os outros dois mandados de prisão foram cumpridos em Dourados contra o tesoureiro da prefeitura, Jorge Rodrigues de Castro e o ex-chefe de licitações do município, Anilton Garcia de Souza. 

Ainda conforme apurado pelo Dourados News, a empresa do ramo de refrigeração foi contratada na Capital com dispensa de licitação e paga como se a prestação de serviços fosse voltada a uma consultoria jurídica. 
Fases 

A Operação Pregão foi desencadeada pela primeira vez no dia 31 de outubro de 2018. Na ocasião, o ex-secretário de Fazenda, João Fava Neto, a vereadora afastada e ex-secretária de Educação, Denize Portollan (PR), servidores públicos e empresários acabaram presos. 

Já a segunda fase mirou o ex-contador da prefeitura, Rosenildo França e a mulher dele. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUNDO DOS FAMOSOS
Luana Piovani esclarece separação com Scooby: "Nossas vontades estão distintas"
GERAL
Programa busca integrar usuários da assistência social ao mundo trabalho
POR CAUSA DA CHUVA
Imasul emite alerta de possibilidade de inundação no rio Miranda
21 DE MARÇO
Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial