Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
POLICÍA

Soldado do PCC é esfaqueado até a morte dentro de presídio por ‘irmãos’ da facção

Briga entre os membros teria ocasionado a morte

21 fevereiro 2020 - 08h30Por Mídiamax

Foi esfaqueado até a morte em um presídio no Paraguai, em Itapúa, um membro do PCC (Primeiro Comando da Capital), Luís Alberto Meyer de 30 anos. O assassinato teria acontecido após uma briga entre os membros da facção.

O assassinato ocorreu nesta quinta-feira (20) quando teria acontecido uma briga entre os membros da facção, e Luís assassinado esfaqueado no pavilhão ocupado pelo PCC. 100 membros da facção criminosa estão detidos no presídio.

Segundo informações passadas para o ABC Color, os ‘irmãos’ que teriam cometido o assassinato do soldado do PCC seriam o brasileiro Rolando César dos Santos e o paraguaio Jorge David Centurion.  Luís havia sido batizado na penitenciária.Em janeiro deste ano 75 membros da facção criminosa fugiram por um túnel, da penitenciária de Pedro Juan Caballero. Até o momento, 11 foragidos foram recapturados.

A fuga em massa de membros do PCC (Primeiro Comando da Capital) do presídio de Pedro Juan Caballero, no dia 19 de janeiro, teria sido arquitetada para o reagrupamento da facção na disputa pelo tráfico de drogas, na região.

O plano teria sido elaborado pelos dois chefes regionais da facção, David Timoteo Ferreira e Osvaldo Rodrigo Pagiotto. Eles teriam tido ajuda de seis pistoleiros do narcotraficante Sérgio de Arruda Quintiliano, o Minotauro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TECNOLOGIA
Hospital de Tóquio transmite cirurgias em realidade virtual
ECONOMIA
Saque aniversário do FGTS poderá ser usado para garantir empréstimos
SAÚDE
Ministério da Saúde prorroga campanha de vacinação contra gripe
CIDADES
No último sorteio de maio, Mega-Sena pode pagar até R$ 38 milhões