Menu
Busca segunda, 19 de agosto de 2019
FRONTEIRA

Supeito de participação em homicídio é executado em quadra de vôlei

30 janeiro 2019 - 12h00Por Da redação

Depois dos dois homens mortos na noite de ontem (29/1), em Pedro Juan Caballero, pistoleiros fizeram uma nova vítima, dessa vez em quadra de vôlei, na Vila Ygatimi, um povoado de 2.500 habitantes no departamento paraguaio de Canindeyú, a 30 km de Paranhos.

Segundo o Campo Grande News, o homem de 30 anos, foi identificado como Fredy Daniel Coronel Alonso. Ele possuía antecedentes por crimes pequenos, e era suspeito de participação em uma execução na semana passada em Paranhos. 

Fredy foi morto com vários tiros de pistola e escopeta por quatro homens em uma caminhonete S10 prata.

No momento do crime, ele jogava vôlei em uma quadra de areia quando os matadores chegaram. Carlos David Martínez, vizinho do local, ficou ferido pelos tiros e foi levado para o hospital de Curuguaty, cidade a 37 km de Ygatimi.

Ainda conforme o site, policiais paraguaios informaram que existem suspeitas de que a execução de Fredy Coronel tenha ligação com a morte do brasileiro Antonio Adelir Bittencourt, o “Toninho”.

Ele foi morto no centro de Paranhos no dia 23 deste mês. A polícia afirma que Toninho era pistoleiro ligado ao traficante Diego Zacarias Alderete Peralta, mas familiares dele negaram a história e alegaram que o homem era produtor rural no Paraguai.

Policiais paraguaios suspeitam ainda da ligação de Coronel com a morte de Castorino Rodas, ocorrida no dia 31 de dezembro em uma fazenda de Villa Ygatimi. Desde dezembro passado, oito pessoas foram assassinadas na região.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRIBUTO
Em MS, apenas 36% dos donos de negócios contribuem para previdência
EVENTO
Colóquio estadual para migrantes, apátridas e refugiados discute nova lei da migração
TRÂNSITO
Motorista morre após bater em poste
POLÍCIA
Homem alega reconciliação, mas não escapa de pena por bater em mulher