Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2019
HOMICÍDIO

Suspeitos de envolvimentos a roubo de caminhonetes são encontrados mortos

08 abril 2019 - 06h30Por Luiz Guilherme

Por volta das 8h de ontem (7/4), moradores da região Aceiteí, no Paraguai, encontraram três corpos em uma estrada, que estavam com sinais de tiros de pistola nove milímetros e com um recado: ‘Por roubar a inocentes, não roubar caminhonete, justiceiros da fronteira’.

Segundo a Polícia Nacional do Paraguai, a suspeita é que o crime tenha sido cometido por supostos ‘justiceiros da fronteira’, e as vítimas teriam envolvimento num assalto que aconteceu no dia 9 de janeiro, a duas caminhonetes em Ponta Porã. 

Uma das vítimas foi identificada como o suboficial inspetor Pedro Yanel Barua Acosta de 35 anos, da Polícia do Paraguai em Pedro Juan. Já as outras duas pessoas foram são Venancio Ramon Romero de 29, e Delio Roselver Santa Cruz, de 31.

Ainda conforme os investigadores da Divisão de Homicídios, os três foram encontrados executados a tiros na altura da cabeça.

Os três estavam com as mãos e os pés amarrados, ao lado de uma caminhonete abandonada da marca Ford, cor prata. Familiares relataram que eles saíram na tarde de sábado (6/4), para supostamente ir a uma caça na região.

Agentes da Polícia Técnica e da Divisão de Homicídios apoiados pela promotora de justiça Sandra Diaz realizaram os procedimentos de rigor e encaminharam o corpo das vítimas ao IML (Instituto Médico Legal) a fim de um trabalho detalhado e posteriormente entregar os corpos aos seus familiares.

O roubo em janeiro

No dia 9 de janeiro deste ano, o suboficial da polícia paraguaia foi preso em Pedro Juan Caballero com duas caminhonetes roubadas em Ponta Porã.

Na época, havia sido preso o suboficial, Júlio Simón Mendoza Acosta, de 29 anos, com uma caminhonete Toyota Hilux, de cor branca, que teria sido roubada aqui na cidade, no dia 4 [janeiro]. 

Com as informações em mãos, os investigadores iniciaram busca aos policiais e na tarde do dia 8/1, por volta das 16h, prenderam o suboficial inspetor, Pedro Yanel Barua Acosta, de 35 anos, que estava em casa.

No local, os agentes encontraram duas caminhonetes também tomadas em assalto por homens fortemente armados na cidade de Ponta Porã.

Na residência do suboficial da polícia em Pedro Juan Caballero foram recuperadas uma caminhonete Toyota Hilux, de cor preta, com placas HTI-2149, de Ponta Porã que já estava com placas paraguaia AOF-233 e uma caminhonete Toyota, SW4, também de cor preta, com placas QAF-7272, também de Ponta Porã que estava sem placas.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Bolsonaro diz que Câmara votará porte de arma para produtor rural
POLÍTICA
Bolsonaro volta a defender mudanças na CNH e fim dos radares
NOVA ANDRADINA
Ciclista morre após ter a cabeça esmagada por carreta
MATO GROSSO DO SUL
Governador nomeia Fábio Rombi Defensor Público-Geral do Estado