Menu
Busca sábado, 18 de agosto de 2018
(67) 9.9973-5413
BANNER 1
POLÍCIA

Traficante com 600 quilos de droga é baleado durante perseguição

A PRF informou que equipe deu ordem de parada ao autor que seguia num veículo modelo Fiat Strada, na BR-463, a qual não foi obedecida e ele empreendeu fuga

12 agosto 2018 - 07h15Por Da redação

Fernando Lima Leite, de 33 anos, morador em Cuiabá (MT), foi preso por tráfico de drogas ontem (11), na MS 164. Ele empreendeu fuga por mais de 30 km com o carro carregado com 600 quilos de maconha e só parou após levar um tiro na perna da equipe policial. 

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) informou que equipe deu ordem de parada ao autor  que seguia em um veículo modelo Fiat Strada, placas de Mato Grosso, na BR-463, a qual não foi obedecida e ele empreendeu fuga. 

Equipe policial passou a fazer o acompanhamento. Ele seguiu com direção perigosa por mais de 30 km. Disparos foram feitos pelos policiais e atingiram os pneus do veículo, mas mesmo diante disso ele não parou. Fernando só parou o veículo quando um dos tiros atingiu sua perna, próximo ao trevo de acesso a Laguna Carapã, MS-164. 

O carro estava recheado com 600 kg de maconha e 4,4 kg de skunk.

Ele informou aos policiais que pegou a droga na fronteira e entregaria no trevo da Bandeira (BR-163) em Dourados. 

Fernando foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levado para o Hospital da Vida. Ele foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.  

Após o atendimento médico, ele será encaminhado ao 1°Distrito Policial para os procedimentos cabíveis. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
TSE publica registros e prazo para impugnar candidaturas é aberto
Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro já tiveram suas candidaturas contestadas no TSE
DE DOURADOS
‘Condenação social’ de pai de criança morta por agressão é questionada pela defesa
NOVELA
Fora do ar, ‘Deus Salve o Rei’ é reclassificada para maiores de 14 anos
CAMAPUÃ
Peão de rodeio morre após cair com cavalo em fazenda
Animal caiu em cima da vítima, que estava afastada das competições