Menu
Busca segunda, 15 de outubro de 2018
(67) 9.9973-5413
CRIME AMBIENTAL

Usina suroenergética é multada em quase R$ 500 mil por incêndio em lavoura de cana

A empresa não possuía autorização do órgão ambiental para realizar o processo de queima

10 agosto 2018 - 16h15Por Da redação

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande receberam denúncias de que teria ocorrido um incêndio em áreas plantadas de cana-de-açúcar no município de Nova Alvorada do Sul. Segundo a denúncia, a empresa sucroenergética, com domicílio jurídico no município, seria a responsável por mandar funcionários atearem fogo nas áreas de lavouras em fazendas arrendadas.

De acordo com a PMA, os policiais foram ontem (9), ao local onde teria ocorrido o incêndio e perceberam a veracidade da denúncia. A queimada teria aconteceido nos dias 3 e 4 deste mês. As áreas queimadas medidas pelos Policiais com GPS, correspondem a 495 hectares, valor também esse da multa aplicada (R$ 495 mil).

A empresa proprietária da cana-de-açúcar não possuía autorização do órgão ambiental para realizar o processo de queima, até porque, existe uma norma que proíbe a queima controlada até o fim do mês de setembro.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
“A democracia vai nos tirar dessa chuva ácida”, diz Ayres Britto
FATAL
Carreta passa em cima de motociclista, acidente fatal em Ponta Porã
GERAL
Vagões de carga que descarrilaram em MS são retirados de trilho e tráfego é liberado
FURTO
Moradores de Campo Grande chegam de viagem e encontram casas arrombadas e objetos furtados