Menu
Busca quinta, 04 de março de 2021
Faculdade columbia - Matrículas abertas 2021
POLÍTICA

Após impasse, Câmara elege nova Mesa Diretora da Casa

Eleição foi adiada duas vezes e só aconteceu depois de acordo

03 fevereiro 2021 - 14h30Por Agência Brasil

A Câmara dos Deputados elegeu hoje (3) os novos integrantes da Mesa Diretora da Casa. O pleito ocorreu após o impasse entre o novo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e partidos integrantes do bloco que apoiava a candidatura do deputado Baleia Rossi (MDB-SP), que adiou por duas vezes  a escolha dos membros. Os novos integrantes atuarão no o biênio 2021-2022.

A Mesa Diretora é composta por seis membros titulares (dois vice-presidentes, quatro secretários) e quatro suplentes. Esse colegiado é responsável pela condução dos trabalhos legislativos e também pelas decisões administrativas que envolvem a Câmara.

A ocupação das vagas é feita levando em consideração a proporcionalidade das bancadas e dos partidos. Os nomes dos candidatos são indicados pelas legendas. É vedada a reeleição.

Pelo regimento, também é permitido que deputados do mesmo partido ou bloco se lancem como candidatos avulsos (sem o apoio de partidos).

Acordo

Após o pleito ter sido adiado duas vezes, foi fechado um acordo, na noite de terça-feira, com os líderes partidários em torno da composição da mesa e definida a realização da eleição para a manhã desta quarta-feira.

Pelo acordo firmado ontem (2),  a 1ª Vice-Presidência fica com o PL; a 2ª Vice-Presidência com o PSD; a 1ª secretaria com o PSL; a 2ª secretaria com o PT; a 3ª secretaria com o PSB e a 4ª secretaria com o Republicanos. A primeira suplência ficará com o PDT, a as demais serão distribuídas na ordem para o DEM, PV e o PSC.

A eleição, que estava marcada para as 10h, começou pouco antes das 11h . No total, 21 urnas eletrônicas foram distribuídas pelo plenário e pelos salões Verde e Nobre, todos com acesso restrito aos parlamentares. Foram eleitos os seguintes deputados:

- 1ª Vice-Presidente: Marcelo Ramos – (PL-AM), com 396 votos;
- 2° Vice presidente: André de Paula (PSD-PE), com 270 votos;

- 1° Secretário: Luciano Bivar (PSL-PE), com 298 votos;

- 2° Secretário: Marília Arraes (PT-PE) com 192 votos (em segundo turno)

- 3° Secretário: Rose Modesto (PSDB-MS), com 398 votos;

- 4° Secretário: Rosângela Gomes (Republicanos-RJ), com 418 votos.

Foram eleitos também os seguintes suplentes: Eduardo Bismarck (PDT-CE) com 358 votos, Gilberto Nascimento (PSC-SP) com 354 votos, Alexandre Leite (DEM-SP) com 313 votos, e Cássio Andrade (PSB-PA) com 202 votos. Este último concorreu de forma avulsa e venceu o correligionário Marcelo Nilo (PSB-BA), indicado pela bancada do PSB.

O cargo da 2ª secretaria teve uma disputa acirrada entre deputados do PT. O candidato indicado pela bancada do partido, João Daniel (166 votos) não conseguiu a maioria absoluta dos votos e teve que disputar a vaga em segundo turno com a deputada Marília Arraes (172 votos), que concorreu de forma avulsa. No segundo turno, Marília manteve a vantagem e foi escolhida para o cargo, obtendo 192 votos. João Daniel teve 168 votos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Durante patrulhamento, Força Tática do 4º BPM prende duas pessoas com MP
MS
Projeto prevê política pública de combate ao sexismo institucional
GERAL
Processo seletivo para contratação de Técnicos de Suporte em Tecnologia é reaberto
BRASILÂNDIA
Ação da Polícia Civil fecha boca de fumo e prende suspeito de tráfico de drogas