Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020

Título Interno

22 agosto 2011 - 09h55
Divulgação (TP)

O senador Delcídio do Amaral(PT/MS) acredita que o Programa Nacional de Inclusão de Jovens-Projovem é um excelente instrumento para ampliar as oportunidades das pessoas que estão a procura do primeiro emprego e ainda não tiveram chance de ingressar no mercado de trabalho.

“O Brasil está crescendo muito e a oferta de empregos aumenta na mesma proporção. Muitas pessoas com idade entre 18 e 29 anos, embora alfabetizadas, não concluiram o ensino fundamental e, por isso, não conseguem emprego. O Projovem vai ao encontro desse público, trazendo de volta o jovem para a escola e dando a ele a chance de aprender uma profissão, ao mesmo tempo em que garante uma remuneração mínima mensal para que ele possa suprir suas necessidades”, afirmou o senador durante a solenidade de assinatura de convênios entre o Ministério do Trabalho, o governo do estado e prefeituras, para a retomada do programa em Mato Grosso do Sul.

O evento, realizado nesta sexta-feira, 19 de agosto, no Hotel Grand Park, em Campo Grande, contou com a presença do ministro do Trabalho, Carlos Lupi, do governador André Puccinelli, secretários estaduais, prefeitos e parlamentares federais, estaduais e municipais. Ao todo, vão ser oferecidas 7.750 vagas do Projovem em MS : 5.500 para o governo do estado distribuir entre os municípios , 1.000 diretamente para Três Lagoas, outras 1.000 para Corumbá e 250 para Sidrolândia. Elas foram reivindicadas por Delcídio ao ministro Carlos Lupi, em audiência realizada em junho, em Brasília.

“Lembro de quando levei ao ministro Lupi o projeto para retomar o ProJovem em Mato Grosso do Sul e hoje me sinto muito feliz ao ver que esse programa tão importante para abrir o mercado de trabalho aos jovens está de volta ao nosso estado. É uma oportunidade ímpar para que as centrais sindicais aperfeiçoarem a nossa mão de obra, qualificando milhares de jovens para os desafios que o Brasil tem pela frente, que vão ser ainda mais ampliados com a realização de eventos como a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016”, disse o senador.

O prefeito de Sidrolândia, Daltro Fiúza, agradeceu o empenho de Delcídio para que o município fosse contemplado com o ProJovem.

“O convênio que assinamos hoje vai dar condições para que a prefeitura possa qualificar e preparar 250 pessoas para o mercado de trabalho. O senador Delcídio teve participação decisiva para que o nosso município recebesse essas vagas. Sem dúvida, esse é um fato que merece comemoração”, comentou Fiúza.




Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Celso de Mello antecipa aposentadoria do STF
CAARAPÓ
Policiais civis prendem jovem e comparsa suspeitos de tráfico de drogas
ECONOMIA
Febraban prevê que carteira de crédito deve subir 11,6% em agosto
CRIME AMBIENTAL
Polícia Militar Ambiental de Batayporã prende e autua quatro em R$ 8,4 mil por pesca predatória e apreende 139 kg de pescado, dois barcos, dois motores e petrechos