Menu
Busca sexta, 07 de agosto de 2020

Delcídio tem 100% de presença no Senado

14 setembro 2011 - 17h00
Delcídio tem 100% de presença no Senado

Divulgação (TP)

Somente os sul-mato-grossenses Delcídio do Amaral (PT) e Waldemir Moka (PMDB) e outros cinco senadores compareceram a todas as 62 sessões plenárias deliberativas do Senado no primeiro semestre deste ano. O levantamento foi divulgado nesta quarta-feira, 14 de setembro, pelo site Congresso em Foco.

Pelo levantamento, apenas 7,9% do total de 88 senadores registraram 100% de comparecimento a todas as sessões. Os mais assíduos neste início de legislatura (2011-2014) pertencem a partidos da base de sustentação ao governo no Senado. Além de Delcídio e Moka, registraram 100% de presença (ou justificaram a ausência) os senadores Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), José Pimentel (PT-CE), Lindbergh Farias (PT-RJ), Paulo Paim (PT-RS) e Pedro Taques (PDT-MT).

Para Delcídio, a assiduidade reflete seu comprometimento com a defesa dos interesses de Mato Grosso do Sul e o Brasil.

“Com a votação espetacular que tive nas duas eleições para o Senado era mais do que minha obrigação participar de todos os debates de interesse da população. Estou aqui fazendo o meu trabalho, defendendo o meu estado, discutindo temas nacionais e cumprindo o compromisso que assumi com os eleitores.

Esse reconhecimento me estimula a trabalhar ainda mais para também estar sempre na lista daqueles que mais participaram dos debates e estão sempre presentes nos dias em que o Senado vota as leis. Fui eleito para isso e vou continuar trabalhando duro, com a delegação e a legitimidade que o povo sul-mato-grossense me concedeu”, afirmou o senador.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Indevidos danos morais em acidente de trânsito sem prova da culpa
BONITO
Polícia Militar Ambiental de Bonito autua jovem de 23 anos por incêndio em madeira, raízes e galhadas de árvores derrubadas em sua propriedade
PEDRO GOMES
Polícia Militar Ambiental de Coxim autua empresa paulista em R$ 320 mil por desmatamento ilegal de vegetação em área protegida em sua fazenda
NOTÍCIAS
Julgamentos do 2º grau do Judiciário de MS crescem 7% em julho