Menu
Busca segunda, 19 de outubro de 2020
Faculdade columbia
LEGISLATIVO

Deputados devem votar quatro projetos durante a sessão ordinária desta quinta-feira

24 setembro 2020 - 08h45Por ALEMS

Os deputados devem analisar e votar quatro matérias pautadas para a Ordem do Dia da sessão desta quinta-feira (24) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS). Entre as propostas, há uma que integra o conjunto de ações parlamentares para amenizar os impactos causados pela pandemia da Covid-19.

Proposto pelo deputado Marcio Fernandes (MDB), o Projeto 141/2020 autoriza o governo do Estado a realizar pagamento mínimo nos contratos públicos de transporte escolar dos alunos matriculados na rede estadual de ensino enquanto perdurar o reconhecimento de emergência na saúde pública decorrente da pandemia.  A suspensão das aulas presenciais em março, medida necessária de prevenção ao contágio, paralisou o serviço de transporte escolar, impactando as finanças de empresas do setor. O projeto está previsto para ser votado em primeira discussão.

Também em primeira discussão, os parlamentares devem votar o Projeto de Lei 138/2020, de autoria do deputado Lídio Lopes (PATRI). A proposta assegura a pessoas com deficiência visual o direito de obterem certidões de registro civil em braile. “O sistema Braille é o único método eficaz de comunicação escrita para as pessoas com deficiência visual. O acesso à informação é direito de todos”, justifica o parlamentar.

Está prevista, ainda, a votação, em discussão única, do  Projeto de Lei 120/2020, apresentado pelo deputado Felipe Orro (PSDB). A proposta declara de utilidade pública estadual a Associação Redentorista Beneficente Imaculada Conceição (ABIMC), sediada em Aquidauana. De acordo com o parlamentar, a entidade atende “grande demanda de pessoas em situação de vulnerabilidade social, possibilitando às crianças e jovens, desenvolvimento integral e pleno, além de amparar e proporcionar a valorização dos idosos”.

A quarta matéria, pautada para a sessão desta quinta-feira, é Projeto de Lei 117/2020, do Poder Executivo. Aprovado em primeira discussão no dia 9 de julho, o projeto cria o Fundo Estadual de Estruturação e Aperfeiçoamento de Parcerias (FEEP). De acordo com a proposta, o FEEP é “destinado a financiar projetos e atividades da Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica (SEGOV) na estruturação e no acompanhamento de parcerias estratégicas entre o Estado de Mato Grosso do Sul e o setor privado”.

As sessões ordinárias da ALEMS continuam sendo realizadas remotamente. Têm início às 9h e são transmitidas pela TV ALEMS, Rádio ALEMS e pelas páginas da Casa de Leis no Youtube e no Facebook.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Mais de 900 pacotes de cigarros contrabandeados foram apreendidos pelo DOF em residência
MUNDO NOVO
Polícia Militar recupera veículo roubado
EDUCAÇÃO
Inadimplência em cursos de graduação cresce no 1º semestre no país
BRASIL
Número de mortes violentas aumenta 7,1% no 1º semestre, diz anuário