Menu
Busca domingo, 26 de maio de 2019
BRASIL

Juiz dá oito dias para defesa de Lula se manifestar em ação do sítio

25 abril 2019 - 07h30Por Agência Brasil

O juiz federal Luiz Antônio Bonat, da 13ª Federal em Curitiba, concedeu ontem (24/4), prazo de oito dias para que os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentem defesa contra a condenação no caso do sítio de Atibaia (SP).

Após a apresentação da petição, o caso será remetido ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, segunda instância da Justiça Federal.

Em fevereiro, Lula foi condenado 12 anos e 11 meses de prisão na ação penal sobre as reformas realizadas no Sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP). A sentença foi a segunda proferida contra o ex-presidente na Operação Lava Jato. A pena foi assinada pela juíza Gabriela Hardt, que antecedeu Bonat no caso.

Sentença

Na sentença, a magistrada disse que Lula sabia do esquema de corrupção na Petrobras e que as empreiteiras OAS e a Odebrecht tinham participação nos desvios.

Segundo Gabriela Hardt, ficou comprovado que o ex-presidente recebeu ao menos R$ 170 mil da OAS, por meio das reformas, como "vantagem indevida em razão do cargo de presidente". No entendimento da juíza, ele foi beneficiário direito das reformas, embora não seja o proprietário do sítio.

STJ

Na terça-feira (23/4), o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu reduzir a primeira condenação de Lula na Lava Jato. Por unanimidade, os ministros da Quinta Turma reduziram a pena do ex-presidente no caso do triplex no Guarujá (SP) de 12 anos e um mês para 8 anos e 10 meses de prisão. 

Após o julgamento, a defesa do ex-presidente informou que vai recorrer. O advogado Cristiano Zanin defende que o ex-presidente deve ser absolvido no caso porque não cometeu nenhum crime.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Bolsonaro diz que Câmara votará porte de arma para produtor rural
POLÍTICA
Bolsonaro volta a defender mudanças na CNH e fim dos radares
NOVA ANDRADINA
Ciclista morre após ter a cabeça esmagada por carreta
MATO GROSSO DO SUL
Governador nomeia Fábio Rombi Defensor Público-Geral do Estado