Menu
Busca terça, 20 de outubro de 2020

Lanzarini participou do debate sobre o PRONATEC

18 agosto 2011 - 15h10
Amambai está na lista das cidades que irão receber o IFMS

Redação - Divulgação


O prefeito Dirceu Lanzarini participou na noite da ultima segunda-feira, dia 15, do debate realizado pela Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados, para a discussão do PRONATEC (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego). A reunião aconteceu na sede da Fetems em Campo Grande, e contou com a presença de várias autoridades, prefeitos, deputados e senadores.

Com o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), o governo federal pretende criar oito milhões de vagas na educação profissional até 2014, com a construção de 201 escolas de educação profissional e tecnológica. O Pronatec vai ofertar vagas gratuitas em instituições públicas e privadas – incluindo as do Sistema S (Sesi, Senai, Sesc e Senac) – a estudantes e trabalhadores interessados em qualificação profissional. O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) tem como objetivo expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos técnicos e profissionais de nível médio, e de cursos de formação inicial e continuada para trabalhadores. A medida intensifica o programa de expansão de escolas técnicas em todo o país. Além das 81 unidades que estão em execução e devem ser inauguradas neste e no próximo ano, o Governo Federal deve anunciar nos próximos dias outras 120. Com as 140 existentes até 2002, mais as 214 inauguradas no governo anterior, a rede federal deverá contar com cerca de 600 unidades escolares administradas pelos 38 institutos federais de educação, ciência e tecnologia e um atendimento direto de mais de 600 mil estudantes, em todo o país.

Durante o evento, o deputado federalBiffi, relator do Pronatec, apresentou os principais pontos do programa, explicando os objetivos, ações, público alvo e o planejamento para a expansão da rede federal de ensino técnico e profissional.

“É importante destacar que o Pronatec será executado pela União, em parceria com os estados, municípios, instituições privadas e o sistema S, e objetiva ampliar a oferta de educação profissional e tecnológica aos estudantes do ensino médio da rede pública, trabalhadores, beneficiários dos programas de transferência de renda, portadores de necessidades especiais, comunidades quilombola e indígena e adolescentes e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas”, explicou o deputado.

Outro ponto que mereceu destaque por parte do parlamentar foi à qualificação no ensino médio, onde, atualmente, apenas 10% dos estudantes, cerca de 700 mil, participam de curso técnico e profissional.

“A maior prova da estagnação e descaso com o ensino técnico e profissional é a baixa participação dos estudantes do ensino médio nos cursos de qualificação profissional, pois são quase 7 milhões de estudantes em todo o país, mas apenas 700 mil participam dos cursos técnicos. É nesse sentido, baseado em todas as ações que estão em andamento, que eu acredito que vamos virar esse jogo”, afirmou.

O prefeito Dirceu Lanzarini disse que Amambai está muito próxima para receber ações do Pronatec, como a implantação da unidade do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul). Segundo Lanzarini, o nome de Amambai está incluído na lista para ser uma das cidades a receber a sede do IFMS.

Lanzarini destacou também que através do deputado Biffi, Amambai vem se desenvolvendo cada vez mais na área educacional, através dos projetos e ações que o deputado vem desenvolvendo no município, como por exemplo, a construção de mais 3 escolas e a aquisição de ônibus para o transporte escolar.

“O deputado federal Biffi e o senador Delcídio incluíram o nome de Amambai na lista das cidades que irão receber o IFMS, isso nos da muitos motivos para comemorar e temos certeza que logo estaremos com mais esta importante ferramenta em nosso município” disse Lanzarini.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ARAL MOREIRA
PRF apreende 106 Kg de cloridrato de cocaína
MS 43 ANOS
Com mais da metade da pavimentação da MS-379 concluída, Aral Moreira conta com R$ 166 milhões de investimento
MS
PRF, PC e PM apreendem mais de 9 toneladas de maconha em Aparecida do Taboado
LEGISLATIVO
Três projetos devem ser votados na sessão ordinária desta terça-feira